Domingo, Abril 18, 2021
18.9 C
Braga
InícioPaísGoverno quer alojar 1100 pessoas sem-abrigo até ao final do ano

Governo quer alojar 1100 pessoas sem-abrigo até ao final do ano

DR

O Governo quer alojar 1100 pessoas em situação de sem-abrigo até ao final deste ano. a afirmação foi dada por Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

“Queremos ter respostas integradas que respondam às várias dimensões da necessidade de intervenção: alojamento, acompanhamento psicológico, de qualificações e reconversão. Intervenções integradas que abranjam equipas que acompanham pessoas que vão para estas soluções de Housing First ou Apartamentos Partilhados numa lógica de reintegração”, disse a ministra durante a assinatura de cinco protocolos com instituições de Coimbra e da Figueira da Foz, no âmbito de soluções Housing First e Apartamentos Partilhados. 

Ana Mendes Godinho referiu que “a questão crítica é garantir uma habitação e alojamento em primeiro lugar, daí a criação destas duas respostas, ao abrigo da Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas em Situação de Sem-Abrigo (ENIPSSA)”.

A ministra salientou que está a ser preparada uma plataforma com a capacidade de garantir “uma leitura a nível nacional de todas as pessoas que estão a ser acompanhadas e identificar as medidas necessárias para cada uma das pessoas, nesta preocupação de respostas personalizadas e individualizadas”, estando o Governo também a ultimar a portaria que regulamenta a Bolsa Nacional de Alojamento de Emergência, que vai permitir ter “uma base central de gestão de vagas a nível nacional para situações de emergência, tendo também a integração de imóveis públicos que podem ser utilizados para este fim de respostas sociais de urgência”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS