Sexta-feira, Abril 16, 2021
22.2 C
Braga
InícioEducaçãoGlobal Teacher Prize Portugal com candidaturas abertas

Global Teacher Prize Portugal com candidaturas abertas

DR

O Global Teacher Prize Portugal está de volta. Esta iniciativa pretende distinguir os professores que se destacam na identificação e na resolução criativa e eficaz de situações em contexto escolar, que exerçam a sua profissão, desde o ensino pré-escolar ao 12º ano de escolaridade, no ensino regular ou outros.

O Município de Braga congratula-se com esta iniciativa em especial no período particularmente difícil que atravessamos em que os professores têm sido, diariamente, o garante do sistema educativo, adaptando-se, de uma forma inovadora e criativa, à nova realidade de ensino. “Braga, enquanto Cidade Educadora, associa-se à promoção de acções que valorizem o trabalho desenvolvido pelos docentes e que ressalvem a importância do papel de todos educadores e professores na sociedade”, salienta a vereadora da Educação, Lídia Dias.

As candidaturas poderão ser submetidas online no site do Global Teacher Prize Portugal – www.globalteacherprizeportugal.pt – pelos próprios professores, até ao dia 22 de Março. No entanto, toda a comunidade educativa pode recomendar os professores que considerem merecer a distinção, clicando na opção “Quero propor professores para o prémio”. As recomendações terminam no dia 15 de Março.

O Global Teacher Prize Portugal tem um prémio de 30.000 euros, auditado pela PwC Portugal e será entregue no evento final agendado para o mês de Maio. Esta iniciativa conta com o apoio da Fundação Galp, Delta Cafés, Federação Portuguesa de Futebol, TVI, Rádio Comercial, Cision, GFK e PwC Portugal, permitindo investir na educação dos nossos jovens e impactando todos os quadrantes da sociedade, promovendo a qualidade de vida das famílias e ajudando a desenvolver uma sociedade mais próspera e sustentável.

Este prémio conta ainda com uma parceria especial com o Plano Nacional das Artes, um projecto dos ministérios da Cultura e da Educação, que tem como objectivo tornar as artes mais acessíveis aos cidadãos, em particular às crianças e aos jovens, através da comunidade educativa, promovendo a participação, usufruto e criação cultural, numa lógica de inclusão e aprendizagem ao longo da vida.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS