Financial Times elege Braga como Cidade do Futuro
Quinta-feira , Novembro 26 2020 Periodicidade Diária nº 2647
Principal / Notícias / Financial Times elege Braga como Cidade do Futuro

Financial Times elege Braga como Cidade do Futuro

A revista FDi Intelligence do Financial Times considerou que Braga é a sétima cidade do futuro na categoria da estratégia de captação de investimento externo, no que concerne as cidades de dimensão abaixo de 200 mil habitantes, num ranking liderado pela capital islandesa de Reykjavik. Pela primeira vez o nome de Braga apareceu neste prestigiado ranking elaborado pela FDi do Financial Times denominado “European Cities and Regions of the Future 2020/2021 – the Best and the brightest among Europe investments destination”.

Ricardo Rio já reagiu manifestando a sua satisfação, pois “a inclusão de Braga neste ranking é mais uma prova que a nossa estratégia de captação e atracção de investimento está a resultar. Nos últimos anos, o Município de Braga tem tido uma política de grande promoção externa e sentimos que o aparecimento neste tipo de rankings valoriza a nossa cidade e o nosso tecido empresarial”.

O aparecimento de Braga neste ranking dá visibilidade externa à cidade e evidencia as oportunidades de investimento no mercado internacional. Ricardo Rio, também presidente da InvestBraga, referiu ainda que “no passado mês fomos informados da inclusão de Braga neste ranking e optamos por captar ainda mais destaque neste suplemento que saiu neste mês de fevereiro”.

Desse modo, o suplemento do FDi tem uma página dedicada à cidade de Braga onde é destacada a sua história e inovação, abordando um pouco das vantagens competitivas e todas as mais valias que oferece não só aos investidores, mas também aos seus visitantes e habitantes. Ricardo Rio considera que “é fundamental prosseguir com esta estratégia, pois só promovendo Braga no exterior poderá ser criada mais riqueza internamente e criar mais e melhor emprego. Hoje já somos o quarto concelho exportador do país – e recordo que em 2013 nem no top 10 aparecíamos – e não pretendemos parar por aqui. Para isso precisamos de mais investimento”, concluiu o autarca.

Neste ranking surgem ainda mais duas cidades portuguesas: o Porto como quinta cidade do futuro na categoria de cidades médias (acima de 200.000 habitantes) na captação de investimento externo e ainda a cidade de Lisboa no sétimo lugar das grandes cidades do Sul da Europa.