Domingo, Julho 21, 2024
21.7 C
Braga
RegiãoGuimarãesFeira Afonsina regressa a Guimarães por quatro dias

Feira Afonsina regressa a Guimarães por quatro dias

O evento contará com cerca de 100 artistas, 18 companhias de teatro e mais de 100 expositores.

© CM Guimarães

Já é conhecido o programa das comemorações do Dia UM de Portugal. A Feira Afonsina será alargada à Zona de Couros e a participação do Exército Português são algumas das novidades das comemorações dos 896 anos da Batalha de São Mamede.

Na sessão de apresentação do programa estiveram presentes Paulo Lopes Silva, vereador da Câmara Municipal de Guimarães, Coronel Fernando Martinho, do Exército Português, Júlio Borges, diretor do Centro de Ciência Viva, Isabel Fernandes e Antero Ferreira, da comissão organizadora das Jornadas Históricas de Guimarães, e Isabel Pinho, Chefe de Divisão da Cultura da Câmara Municipal de Guimarães. 

Na sua intervenção, Paulo Lopes Silva destacou a forte “participação da população voluntária na Feira Afonsina” bem como a participação de todas as associações que se inscreveram para o comércio e na animação de rua.

São cerca de 100 artistas, 18 companhias de teatro, mais de 100 expositores comerciais e 70 voluntários envolvidos na Feira Afonsina.

Uma das preocupações da presente edição está relacionada com os objetivos de sustentabilidade. Este ano, será digitalizada grande parte da comunicação do programa da feira, através da redução de impressões de brochuras e folhas de sala”, da disponibilização de toda a programação do evento através de QR Codes e na agenda cultural

Sobre a sessão solene, Paulo Lopes Silva explicou o desafio lançado ao Mestre espanhol Férrer Ferran, pela simbologia inerente, a escrever uma peça original sobre a Batalha de S. Mamede que será interpretada pela Banda Musical de Pevidém”. 

Programa Dia UM de Portugal

O programa das comemorações dos 896 anos da Batalha de S. Mamede e, consequentemente, do Dia UM de Portugal começa com as Jornadas Históricas, um evento científico cujo objetivo é dar visibilidade às investigações que se vêm produzindo sobre a época medieval e moderna. 

Na sua quinta edição, que decorrerá no dia 15 de junho de 2024, as Jornadas incidirão sobre a figura de Mumadona Dias, dando a conhecer a sua relação com o território. O olhar sobre o papel de Mumadona Dias, procura fazer justiça a uma figura feminina marcante na construção de Guimarães, e por consequência do Condado que deu origem ao Reino. 

A Feira Afonsina conta com sete áreas temáticas, uma zona de iguarias e uma de mercadores. Decorrerá entre a zona do Castelo, a Praça da Oliveira e, este ano, na Zona de Couros, naquela que é uma expansão da iniciativa a toda a zona classificada, afirmando o património do território. O momento de recriação performativa será “Os Alicerces do Reino”, inspirado no impacto que as Ordens Religiosas e Militares tiveram na construção do reino e o público pode contar com mais de 40 atividades para todos os públicos. O arranque da Feira está marcado para dia 21 de junho, às 18h00, e o encerramento para 24, às 22:00.

O programa da Sessão Solene inicia-se no dia 22, com uma demonstração de meios do Exército Português no Campo de S. Mamede, patente até 23 de junho, e um “Concerto de Órgão comemorativo da Batalha de S. Mamede”, no dia 22 junho às 21:30 e no dia 23 às 16:30, organizado pela Colegiada N. Srª. da Oliveira. 

No dia 24, decorrerá a tradicional Missa Solene, uma celebração eucarística especial para o dia, a Homenagem aos Mortos, às 18:00, junto à estátua de D. Afonso Henriques, e a Sessão Solene evocativa do 24 de Junho de 1128, às 21:30 no Campo de S. Mamede, com a aposição de condecorações honoríficas e o Concerto pela Banda de Musical de Pevidém e o Coro São Mamede.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES