Quarta-feira, Maio 31, 2023
20.1 C
Braga
spot_img
InícioDesportoFutebolFC Porto distinguido com prémio de Responsabilidade Social do mês de fevereiro

FC Porto distinguido com prémio de Responsabilidade Social do mês de fevereiro

© Liga Portugal

A campanha “Fome Zero” valeu ao FC Porto a distinção de Responsabilidade Social no mês de fevereiro. Esta iniciativa, que teve o pontapé de saída no Estádio do Dragão, aquando do jogo frente ao CD Mafra, para a Allianz CUP, centrou-se no envolvimento total da equipa da Youth League nas iniciativas da campanha, que ao longo da época contou com o apoio transversal de todos no clube.

Os bens recolhidos foram, depois, armazenados e entregues a duas instituições: a Legião da Boa Vontade e o Coração da Cidade. Para esta iniciativa, o FC Porto conseguiu ainda envolver inúmeros parceiros, que permitiu aumentar o alcance da mesma.

Feliz pela distinção, Tiago Gouveia, diretor de Marketing do FC Porto, fez questão de referir que as distinções da Fundação do Futebol, “são um reconhecimento que têm potenciado a que mais se faça, porque são motivo de orgulho para as equipas e para os adeptos”. Garantindo que “enquanto clube têm a preocupação de fazer diferente e que com esta iniciativa transversal, que envolveu modalidades, clube, adeptos e parceiros, esse dever foi conseguido”, porque, como referiu, “com estas iniciativas cumprem o seu dever, enquanto clube, que tem uma responsabilidade para a comunidade com que está envolvida”.

Tiago Gouveia assumiu que o objetivo é que “todas as ações não sejam só ações, mas um bocadinho do dia a dia dos clubes, não trabalhando a sustentabilidade, mas fazendo com que esta seja um dos pilares”, concluindo que “tudo o que se faz tenha algum cariz sustentável e que esse é o grande desafio”.

Já Teresa Santos, gestora de Qualidade e Responsável de Sustentabilidade do FC Porto, confessou que apesar das campanhas agora serem mais divulgadas, “as ações fazem parte do ADN” do clube portista, sendo que a estratégia é fazer cada vez mais, ressalvado que “esta época, têm mais três campanhas para fazer. Este é o caminho e que é por aqui que queremos continuar”, concluiu.

Mário Costa, vice-presidente da Fundação do Futebol e responsável por entregar a distinção, elogiou a campanha que considerou muito nobre, pela capacidade de envolvimento de todos os colaboradores e parceiros, que permitiu dar “maior amplitude à campanha”. Ressalvando que “este é o caminho que a Fundação defende, de que a Responsabilidade Social faça parte da agenda dos clubes e que as promovam e incentivem junto das suas comunidades”.

MAIS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES