Sábado, Agosto 13, 2022
17.8 C
Braga
InícioPaísFausto Pinto candidata-se a bastonário da Ordem dos Médicos

Fausto Pinto candidata-se a bastonário da Ordem dos Médicos

Fausto Pinto

O médico cardiologista e diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, Fausto Pinto, apresentou a sua candidatura a bastonário da Ordem dos Médicos com o slogan “Ouvir os médicos, construir o futuro”.

O objetivo é criar uma Ordem dos Médicos “mais forte, independente, de rigor e excelência, com base nos princípios e valores éticos que devem nortear uma Ordem dos Médicos”, sublinha. Fá-lo com o sentido de “dever e de missão de defender e representar TODOS os médicos que trabalham neste país”.

Fausto Pinto pretende, com esta candidatura às eleições que se realizam em janeiro do próximo ano, “o envolvimento de todos os médicos”. O cardiologista considera que este é o ponto de partida para garantir relevância para a Ordem dos Médicos, tanto internamente, como para o exterior. “É ouvindo todos que podemos ter a noção das preocupações e encontrar soluções em conjunto, tornando a Ordem dos Médicos mais respeitada mais prestigiada, e mais inclusiva”, explica.

“A Ordem dos Médicos tem um papel de enorme responsabilidade na preparação das novas gerações de médicos para enfrentar os desafios do futuro. Não há Saúde sem médicos e não pode haver Saúde de qualidade sem médicos bem preparados”, afirma Fausto Pinto.

Entre as principais medidas que propõe está “uma Ordem dos Médicos desburocratizada e mais próxima dos cidadãos, assim como a defesa de um Sistema de Saúde inclusivo nos seus vários componentes (Público, Privado e Social) que deve ser o garante da Saúde de todos os portugueses”.

A aposta na formação é outra grande prioridade. Fausto Pinto defende um maior impulso na interação entre a Ordem dos Médicos e as Universidades/Academias para reforçar a intervenção da Ordem dos Médicos na formação médica, desde o ensino pré ao pós-graduado.

Para garantir maior equidade na Saúde, nas suas mais variadas vertentes, incluindo uma maior participação dos jovens médicos, propõe a criação de um Gabinete dos Jovens Médicos (internos e recém-especialistas), diretamente ligado ao Bastonário, para “dar uma maior resposta aos naturais anseios dos médicos do futuro, garantes do bem-estar da nossa população”.

A missão de envolver todos os médicos passa também pela criação de um Gabinete de Apoio aos Médicos Aposentados, “o outro extremo da pirâmide etária, tantas vezes esquecido, numa demonstração que a OM é mesmo para todos, dos mais novos aos mais velhos”, refere o candidato a sucessor de Miguel Guimarães, que está a cumprir o seu segundo mandato e que, por isso, não se recandidata ao cargo.

Maria do Céu Machado, pediatra e ex-presidente do Infarmed, é a mandatária da candidatura de Fausto Pinto. Da comissão de honra da campanha fazem parte médicos de todo o país, como, a título de exemplo:  Álvaro Beleza, Alexandra Bayão Horta, Ana Isabel Lopes, António Parreira, António Vaz Carneiro, Carla Araújo, Carlos Calhaz Jorge, Cristina Gavina, Diniz Martins, Fernando Regateiro, Filipe Macedo, Francisco Salvado, Henrique Cyrne de Carvalho, Isabel Guimarães, Isabel Galriça Neto, Isabel Pavão Martins, João Morais, João Sá, José Crespo Mendes de Almeida, José Melo Cristino, Júlia Maciel, Lino Gonçalves, Luis Mendes Graça, Luísa Figueira, Maria Amélia Ferreira, Nuno Sousa, Rui Tato Marinho, Victor Gil.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS