Quarta-feira, Janeiro 26, 2022
9.7 C
Braga
InícioBragaFatura da água em Braga é das mais baratas do país

Fatura da água em Braga é das mais baratas do país

DR

Um estudo da DECO revelou que Braga é capital de distrito com a fatura dos serviços de água, saneamento e resíduos mais barata de Portugal continental.

De acordo com a AGERE, “Braga é capital de distrito com a fatura dos serviços de água, saneamento e resíduos mais barata de Portugal continental, tendo como base o consumo médio de 15 m3 por mês (180 m3 anuais) e a segunda mais barata, tendo como base o consumo médio de 10 m3 por mês (120 m3 anuais). Os dados resultam de um estudo da DECO divulgado a 12 de janeiro, que comparou as faturas dos 308 concelhos portugueses”, acrescentando que “o tarifário se manterá inalterado” em 2022.

“Para o ano de 2022, a AGERE também já comunicou que o seu tarifário se manterá inalterado, e continuará a ser essa a intenção da empresa para os próximos anos, mesmo considerando mais investimentos de grande relevância, como o de 30 milhões de euros na construção da nova ETAR do Este ou o de 4 milhões para implementação da recolha seletiva de resíduos orgânicos, ambos a realizar até ao final de 2023”, sublinhou a empresa municipal de Braga.

O estudo revela ainda que em todas as áreas analisadas, “Braga encontra-se abaixo da média nacional, ressaltando o facto que a nível do serviço de resíduos, para além de ser o mais barato e de média nacional ser 105,91% mais alta, apresenta uma diferença de 21,62% para a segunda capital de distrito”.

Assim, após Braga ter tido a água que é distribuída na sua rede pública distinguida pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) com a atribuição do Selo de Qualidade exemplar da água para consumo humano, tem também, segundo o estudo da DECO, “das faturas mais baratas para o consumo médio de uma família”.

A AGERE salientou que tem realizado, ao longos dos últimos oito anos, “inúmeros investimentos, com o objetivo de melhorar a qualidade dos seus serviços em todas as áreas de atuação da empresa para garantir a excelência na qualidade da água que distribui, o tratamento e manutenção das redes de águas residuais, a recolha eficaz de resíduos, a limpeza urbana, e os melhores cuidados com os animais que acolhe, num total de 45 milhões de euros no referido período” e que “todos os investimentos têm sido realizados sem qualquer repercussão no tarifário da empresa” e que as faturas “foram reduzidas em 2,5% em dois anos consecutivos”.

Para este ano, a AGERE também já comunicou que o tarifário se manterá inalterado, e continuará a ser essa a intenção da empresa para os próximos anos, mesmo considerando “mais investimentos de grande relevância, como o de 30 milhões de euros na construção da nova ETAR do Este ou o de 4 milhões para implementação da recolha seletiva de resíduos orgânicos, ambos a realizar até ao final de 2023”.

De acordo com a empresa municipal, o estudo da DECO vem demonstrar “a estratégia acertada que foi definida e desenvolvida pela empresa desde 2013, com otimização e utilização eficiente dos meios, reduções de preços de compra e redução dos custos de financiamento” e considerada que “nos últimos três anos, é a melhor empresa pública do setor empresarial local de acordo com o anuário financeiro dos municípios portugueses”.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS