Fan Zone da Final Four instalada no centro de Braga gera discórdia
Segunda-feira , Setembro 21 2020 Periodicidade Diária nº 2581
Principal / Notícias / Fan Zone da Final Four instalada no centro de Braga gera discórdia

Fan Zone da Final Four instalada no centro de Braga gera discórdia

Foto: Braga para Todos

O movimento “Braga para Todos” manifestou, em comunicado, o seu descontentamento face à colocação das tendas da Fan Zone na Arcada e na Avenida Central, no âmbito da Final Four da Taça da Liga.

O “Braga para Todos” pede a Ricardo Rio por outras alternativas, nomeadamente a mudança dos eventos para o Altice Forum Braga”, para que “se respeite a história da cidade”. “O Braga para Todos está contra a colocação das tendas no Centro Histórico e o presidente tem conhecimento do descontentamento de uma grande parte dos bracarenses. Não tencionamos que não se façam eventos, mas que se mudem para outros locais, como o parque de estacionamento do Altice Forum Braga que está apto para estas ações. O argumento que o centro da cidade atrai mais pessoas é descabido, basta haver a comunicação certa para atrair as pessoas para os locais apropriados, que não é o Centro Histórico”, indica Elda Fernandes, do “Braga para Todos”.

A posição do movimento centra-se no “respeito à cidade e aos seus monumentos”. “Braga é uma cidade com um vasto património histórico e é óbvio que quem visita a cidade vem pela sua história e não para ver tendas. Um turista vem a uma cidade absorver a sua cultura e estes eventos no centro fazem sentido”, acrescenta Elda Fernandes.

O “Braga para Todos” admite que o presidente da Câmara Municipal “tem-se esforçado” em dinamizar o centro que, segundo o movimento, “estava abandonado pela falta de políticas de Mesquita Machado”. “O atual presidente vê nas festas uma solução de dinamizar o centro e captar as pessoas para o comércio local. O edil deve fomentar e dinamizar a cidade sem lhe tirar a identidade e sem a transformar num local de tendas, mas sim num espaço amplo, com serviços, limpo, cuidado e convidativo a todos, com apostas em ações que não descaracterizem a cidade, mas a elevem”, concluiu.