Quarta-feira, Março 3, 2021
9.4 C
Braga
Início Atualidade Ex-aluno da Universidade do Minho cria projetos para revitalizar o interior do...

Ex-aluno da Universidade do Minho cria projetos para revitalizar o interior do país

Sérgio F. Godinho

Sérgio F. Godinho, formado em Psicologia na Universidade do Minho, está a realizar um conjunto de projetos para afirmar o interior de Portugal. Lançou o primeiro festival TEDx numa vila ibérica (em Figueiró dos Vinhos, Leiria), seguindo-se livros de ficção como “7 Factos” e, desde dezembro, o canal Interiorizar no YouTube, que mostra “quem faz a diferença” em regiões de baixa densidade. A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, já foi uma das entrevistadas no canal, que assinala a sua 10ª sessão este sábado, às 10:00, com o autor e criador do “Faz Acontecer”, André Leonardo.

“Preocupa-me muito a ‘morte lenta’ do interior do país e tento combatê-la ativamente”, diz Sérgio Godinho. “Sou de Figueiró dos Vinhos, que foi afetado pelos incêndios em 2017, e como muitos jovens do interior fui “forçado” a sair para tirar um curso e, agora, a ir trabalhar em Lisboa, pois mal há perspetivas de futuro.” O consultor de recursos humanos crê que seja uma fase, para depois poder regressar e aplicar o seu know-how em regiões deprimidas.

Para já, as conversas online em “Interiorizar” contaram, além da ministra, com o gestor de ensino à distância do Instituto CRIAP, Luís Rocha Graça, o secretário-geral da UGT, Carlos Silva, a fundadora da rede artística Mistaker Maker, Lara Seixo Rodrigues, a curadora do Festival Literário Internacional do Interior, Ana Filomena Amaral, o presidente do Município do Fundão, Paulo Fernandes, o criador da empresa Piranha Global, Pedro Miguel Dias, o futebolista do Almería João Carvalho e o diretor-geral da agência Rural Move, Fernando Belezas.

As conversas vão prosseguir e são “apenas o início” do canal “Interiorizar”. “Estou a formalizar parcerias com entidades que defendem valores semelhantes, para gerar mais impacto na real transformação que perseguimos”, defende Sérgio Godinho. “Deve ser possível ter sonhos no interior. Temos que combater o despovoamento e o envelhecimento que afeta a maioria do território português, o que exige empenho efetivo das organizações e dos políticos e, também, o envolvimento e a solidariedade das populações”, defende.

Sérgio Godinho tem 27 anos e ligou-se desde cedo a várias atividades, como ator amador, futebolista e escritor. Criou depois as conferências “Futuro Y” para jovens artistas e empresários, colaborando ainda na Associação de Estudantes de Psicologia da UMinho, na Associação Nacional de Estudantes de Psicologia, em três grupos de investigação, no Município de Guimarães e, como voluntário, na Liga das Nações, no TEDxVerona (Itália) e na Web Summit, entre outros.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS