Quinta-feira, Agosto 5, 2021
17.8 C
Braga
InícioRegiãoEsposendeEsposende investe mais de 257 mil euros na beneficiação da rede viária

Esposende investe mais de 257 mil euros na beneficiação da rede viária

CM Esposende

No âmbito do Plano de Investimento nas Freguesias, o Município de Esposende vai avançar com a execução de mais duas intervenções de beneficiação da rede viária do concelho, em Apúlia e em Vila Chã, num investimento global de 257.579,46 euros.

Depois da requalificação da Rua do Pinhal, em Apúlia, intervenção que foi executada faseadamente e que orçou em 111.494,70 euros, a Câmara Municipal de Esposende vai proceder à pavimentação do caminho rural que liga esta artéria à Rua dos Pousados, empreitada que terá um custo de aproximadamente 158 mil euros e um prazo de execução de três meses.

Esta intervenção corresponde à concretização de um anseio antigo da população de Apúlia, particularmente dos moradores do lugar de Criaz. Com efeito, esta via faz a ligação do lugar de Criaz ao Campo dos Sargaceiros, equipamento que está a sofrer obras de beneficiação e ampliação, num investimento municipal próximo dos 400 mil euros.

“A pavimentação deste troço, que se encontra em terra batida, reveste-se, pois, de particular relevância, na medida em que configura a melhoria das condições de segurança e de circulação neste percurso”, sublinha a Autarquia.

Em Vila Chã, a Câmara Municipal de Esposende vai proceder à repavimentação da Rua Nova, cujo investimento se eleva a 99.640 euros, sendo que os trabalhos têm um prazo de execução de dois meses.

“A Rua Nova constitui uma das principais vias da freguesia, encontrando-se em mau estado de conservação, com piso em cubo bastante irregular, não garantindo, por isso, as exigíveis condições de segurança e de circulação. Assim, optou-se pela repavimentação da rua, substituindo o cubo por tapete betuminoso, opção que tem sido prática em vias de maior fluxo automóvel”, explica o Município.

A Câmara Municipal refere que “nesta intervenção não está prevista a instalação de infraestruturas de saneamento básico, considerando o elevado investimento que uma empreitada desta natureza implica, a que acresce o facto de, atualmente, não existirem as infraestruturas para a ligação à rede, encontrando-se em construção o denominado “Intercetor de Vila Chã”, pela empresa Águas do Norte, SA, entidade responsável pela drenagem e tratamento das águas residuais “em alta”. Constituiria, pois, um desperdício de recursos proceder à execução da rede de saneamento nesta fase, contudo, não fica inviabilizada a sua concretização no futuro, como é desejável”.

Nesta fase, a beneficiação do piso da via assume-se “prioritária”, pelo que será concretizada a repavimentação da rua, de modo a garantir a “segurança, tanto de automobilistas como de peões”.

Benjamim Pereira disse que, “como prometido, estamos a concretizar o nosso plano de ação, através da execução das intervenções e projetos que, em cada localidade, se assumem como decisivos e prioritários”. “Em estreita colaboração com as Juntas de Freguesias e dentro do orçamento disponível, estamos a concretizar o projeto de desenvolvimento do concelho, em linha com as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU”, finalizou.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS