Quarta-feira, Novembro 30, 2022
9.5 C
Braga
InícioRegiãoEsposendeEsposende entrega mais uma habitação requalificada

Esposende entrega mais uma habitação requalificada

© CM Esposende

O Município de Esposende assinalou, hoje, a conclusão de mais uma intervenção de reabilitação de uma moradia, com a entrega simbólica das chaves à proprietária. Trata-se de uma moradia unifamiliar, em Marinhas, que se traduz num investimento de 43.245,43 euros, totalmente suportado pela Câmara Municipal.

O ato contou com as presenças do presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, da vereadora da Coesão e Desenvolvimento Social, Alexandra Roeger, e demais membros do executivo municipal, do presidente da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra, Aurélio Neiva, e do presidente da Associação Esposende Solidário, João Peixoto.

O apoio à requalificação habitacional é uma resposta social criada por iniciativa da Câmara Municipal, tendo como objetivo a melhoria do estado de conservação e salubridade de habitações de famílias proprietárias com parcos recursos financeiros e, consequentemente, a melhoria efetiva das suas condições de vida. Visando a operacionalização desta resposta social e, em resultado do diagnóstico concelhio efetuado, o Município estabeleceu, em 2010, um protocolo de cooperação com a Esposende Solidário – Associação Concelhia para o Desenvolvimento Integrado.

O apoio à requalificação da habitação destina-se a famílias recenseadas no concelho de Esposende, com vulnerabilidades socioeconómicas e habitacionais, que apresentem a titularidade de apenas um artigo urbano, o qual se destina à sua residência permanente. O pedido de apoio deverá ser dirigido à Câmara Municipal, sendo objeto de uma avaliação técnica.

Este mecanismo de apoio tem possibilitado dar resposta a um conjunto de necessidades ao nível habitacional, conforme salientou o Presidente da Câmara Municipal, expressando o agrado do Município por mais uma intervenção. “Trata-se de dar às pessoas condições de habitabilidade e de dignidade”, afirmou, notando que esta estratégia se enquadra nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030.

Ao abrigo desta resposta social, este ano, foram concluídas cinco obras (reconstrução de habitações e obras de adaptação promovendo a acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida), estando duas intervenções em curso (obras de conservação/ beneficiação e elaboração de projeto para construção de raiz), sendo que o investimento executado até à data eleva-se a 94 mil euros.

Benjamim Pereira agradeceu à Associação Esposende Solidário e a Junta de Freguesia da União das Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra o apoio e colaboração prestada, saudando o trabalho em rede que tem possibilitado sinalizar os casos e executar as intervenções.

Do mesmo modo, o presidente da Associação Esposende Solidário, João Peixoto, reconheceu a mais-valia desta parceria e salientou o empenho na resolução de cada um dos casos.

O autarca Aurélio Neiva expressou agrado pela intervenção efetuada nesta moradia em Marinhas, que implicou a reconstrução total de uma casa praticamente em ruínas, dando condições de habitabilidade à proprietária.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS