Domingo, Agosto 14, 2022
21.7 C
Braga
InícioRegiãoEsposendeEsposende apresentou programa comemorativo dos 450 anos

Esposende apresentou programa comemorativo dos 450 anos

© CM Esposende

Foi apresentado, esta sexta-feira, no Forte de S. João Baptista, o programa oficial dos 450 anos de Esposende. Com início agendado para o próximo dia 19 de agosto – Dia do Município -, foi organizado um plano abrangente que se prolonga até 19 de agosto de 2023. Da Comissão de Honra fazem parte o Presidente da República e o Primeiro Ministro, anunciou o presidente de Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, que pretende ver refletida nas comemorações “a demonstração da riqueza de Esposende, vincando a sua identidade, alicerçada na cultura, na tradição e no traço de caráter do seu povo”.

As comemorações dos 450 anos do Município têm como objetivos primeiros aprofundar a cooperação e sinergia entre os diversos serviços e instituições, funcionando como elemento estruturador dos diferentes projetos educativos e culturais do concelho de Esposende.

“Com o pensamento no trabalho árduo desenvolvido por todos aqueles que serviram o Município, ultrapassando dificuldades próprias da gestão municipal, perspetivamos o futuro de um concelho que cresce nos índices que pautam a evolução dos territórios”, referiu Benjamim Pereira, enaltecendo a alma esposendense nas suas mais variadas vertentes, “de homens e mulheres que ousaram trabalhar a terra e desafiar o mar, construindo o concelho que hoje é polo atrativo de investimento da mais avançada tecnologia e das mais variadas áreas de negócio. Será um momento para refletir sobre o passado e projetar o futuro”, concluiu o autarca.

Já no próximo dia 19 de agosto, no arranque das comemorações, decorrem as cerimónias protocolares usuais e será apresentado o Carimbo do Dia e do Inteiro Postal (CTT). Está agendado um desfile das bandeiras e guiões das instituições e movimentos associativos do concelho e será recriada a entrega da Carta Régia com a visita de El-Rei D. Sebastião e seu Séquito. O concerto de Mariza encerra o dia.

No dia 21 de agosto desfilará pelas ruas da cidade um cortejo histórico com a apresentação de 19 quadros alegóricos, representando outros tantos momentos marcantes da História local. Ao longo do ano vão estar patentes ao público quatro grandes exposições, no Museu Municipal versando a governança de D. Sebastião, no salão nobre dos Bombeiros Voluntários de Esposende, D. Sebastião será revisitado através da pintura, o Arquivo Municipal acolhe a História local através de documentação e na Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura será apresentado um trabalho de identificação da bibliografia sobre D. Sebastião.

A programação apresenta uma forte componente didática, envolvendo os serviços educativos e as escolas, trabalhando uma unidade didática que percorrerá a vida de D. Sebastião, culminando na interpretação da carta régia que conferiu a autonomia a Esposende. Espetáculos e conferências complementam o programa, estando prevista a edição de um estudo sobre a carta régia e uma medalha alusiva às Comemorações dos 450 Anos de Vila e Concelho de Esposende.

Para o comissário do Município de Esposende para as comemorações dos 450 anos de Esposende, Albino Penteado Neiva, assinalar esta data “é imperativo para a geração atual, da mesma forma que os nossos antepassados assinalaram os 400 anos com a dignidade possível, deixando um legado para aqueles que celebrarão os 500 anos. Assim é a História”, considerou.

Lembrando que a programação “recebeu contributos de diversos quadrantes, nomeadamente da sociedade civil”, Penteado Neiva vincou a importância inerente ao envolvimento das escolas, “pois pretende-se que este seja um projeto estruturador”.

Juntando razões históricas às múltiplas razões turísticas que estão na base da crescente procura do território esposendense, o programa revisita 1572, quando o Rei D. Sebastião honrou Esposende e as suas gentes, reconhecendo a reclamada autonomia relativamente a Barcelos. Por Carta Régia foi então formalmente criado o município de Esposende.

A cerimónia de apresentação do programa oficial dos 450 anos de Esposende foi abrilhantada pela atuação do ensemble Bravata Ventana que proporcionou momentos musicais constituídos por repertório quinhentista instrumental e vocal, tendo como intérpretes Ana Clemént e Pedro Martins.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS