Quarta-feira, Novembro 29, 2023
15.6 C
Braga
InícioRegiãoAmaresEspanhol esfaqueado em Amares por colega de quarto tinha mandado de detenção...

Espanhol esfaqueado em Amares por colega de quarto tinha mandado de detenção europeu

© GNR

O homem que foi esfaqueado pelo colega de quarto numa Residencial onde viviam, em Caldelas, Amares, tinha pendente um mandado de detenção europeu por homicídio negligente.

No dia 13 de outubro, após um homem, de 38 anos, ter esfaqueado o colega, de 25 anos, os militares da GNR deslocaram-se para o local onde constataram que a vítima tinha sofrido um ferimento no ombro esquerdo, motivo que levou à detenção do agressor.

A vítima foi encaminhada para o Hospital de Braga, onde a GNR constatou dificuldade na obtenção da sua identificação, uma vez que o cidadão “não tinha documentos na sua posse”. “Face ao nervosismo apresentado pela vítima e o facto de não pretender prosseguir para procedimento criminal, aliada à escassez de dados apresentados, suscitou diversas dúvidas quanto à sua identificação, tendo a patrulha permanecido junto da vítima enquanto era prestado apoio médico e apurado que devido ao seu quadro clínico teria de permanecer alguns dias internado”, refere a GNR.

“No decorrer da ação foram realizadas diligências junto da congénere Guardia Civil, do Reino de Espanha, no sentido de apurar a identificação da vítima, tendo sido possível apurar a sua identificação e que o suspeito tinha pendente um mandado de detenção para cumprimento de uma pena de prisão efetiva por homicídio negligente. Sob o mesmo existia indicação Schengen para que fosse detido e extraditado por condenação em Espanha”, explica a força de segurança.

O detido foi presente no Tribunal da Relação de Guimarães e conduzido ao Estabelecimento Prisional do Porto onde irá aguardar pela conclusão do processo de extradição.

MAIS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES