Quinta-feira, Maio 13, 2021
15.4 C
Braga
InícioCulturaDstgroup entrega Prémio de Literatura dstangola/Camões a Pepetela

Dstgroup entrega Prémio de Literatura dstangola/Camões a Pepetela

Pepetela

O dstgroup entrega, amanhã, o Prémio de Literatura dstangola/Camões 2020 ao escritor angolano Pepetela, distinguido pela sua mais recente obra “Sua Excelência, de Corpo Presente”, no âmbito da sessão solene que assinala o Dia Mundial da Língua Portuguesa.

O prémio a Pepetela, no valor de 15 mil euros, será entregue pelo presidente do Conselho de Administração do dstgroup, José Teixeira, no Centro Cultural de Belém, a partir das 11:15, numa cerimónia que contará com a participação do ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, do Secretário Executivo da CPLP, e durante a qual serão também partilhadas mensagens em vídeo do secretário-geral da ONU, do presidente da República de Cabo Verde e do presidente da República Portuguesa. A sessão pode ser acompanhada através das redes sociais do dstgroup.

Pepetela, um “escritor de primeira água, angolano, africano e universal

O júri do prémio, presidido por Irene Guerra Marques, linguista e docente na Faculdade de Letras da Universidade Agostinho Neto, e constituído pelo jornalista e escritor Carlos Ferreira (Cassé) e por Manuel Muanza, Professor Auxiliar no Departamento de Língua Portuguesa no Instituto Superior de Ciências da Educação, considerou que “este romance de Pepetela reafirma a condição de Pepetela como escritor de primeira água, angolano, africano e universal”, sublinhando que “’sua Excelência de corpo presente’ é um dos seus exemplos mais apurados, se atendermos não apenas à sua atualidade, como também à forma como mantém, jovem e lúcida, a ironia, a crítica sociocultural e uma criatividade intensa que acompanha os avanços e recuos da realidade angolana e até mesmo africana, no que diz respeito à realidade que vivemos ao Sul do Saara”.

Pepetela nasceu em Angola, em 1941, e frequentou o Ensino Superior em Lisboa, acabando por licenciar-se em Sociologia, em Argel, durante o exílio. Iniciou a sua atividade literária e política na Casa dos Estudantes do Império. Como membro do MPLA, participou ativamente na governação de Angola, após o 25 de Abril. A partir de 1984, foi professor na Universidade Agostinho Neto, em Luanda, e tem sido dirigente de associações culturais, com destaque para a União de Escritores Angolanos e a Associação Cultural Recreativa Chá de Caxinde.

Prémio de Literatura dstangola/Camões: uma cultura de construção que constrói cultura em Angola

Lançado em janeiro de 2019 pelo dst group, em parceria com o Instituto Camões, o Prémio de Literatura dstangola/Camões destina-se a a galardoar todos os anos uma obra em português, de autor angolano, nascido em Angola. Com um valor de 15 mil euros, a ser pago na quantia correspondente em kwanzas (Kz), o galardão visa distinguir, de forma rotativa, trabalhos de poesia e prosa de escritores angolanos.

Recorde-se ainda que a parceria com o Instituto Camões contemplou também a assinatura do protocolo de Empresa Promotora da Língua Portuguesa entre o Camões, I.P. e o dstgroup, ao abrigo do qual o grupo empresarial de Braga se comprometeu a apoiar o Centro Cultural Português em Luanda, onde criou a sala de leitura dstangola, com a entrega de milhares de livros, no valor de mais de 30 mil euros. De entre os milhares de livros encontram-se títulos de autores portugueses, autores lusófonos, livros técnicos e de literatura, entre muitos outros géneros.

Hoje o Prémio Literário dstangola/Camões assinala já a sua terceira edição, numa iniciativa que, mais do que fazer história em Angola, pretende dar voz às melhores obras literárias e poéticas angolanas, em consonância com a filosofia do grupo que cultiva uma cultura de construção, que constrói cultura e que entende a cultura e, nomeadamente, o contributo dos poetas e escritores como uma das maiores frações para a construção de uma empresa, de uma cidade e de um país justo e competitivo.

Apoie o jornalismo.

A Braga TV é um canal de informação independente. Todas as notícias e conteúdos são e continuarão a ser disponibilizados gratuitamente.

Para continuar a oferecer um serviço de informação de referência na região, precisamos do apoio dos nossos leitores para continuar a desempenhar o nosso papel de informar.

Precisamos do seu contributo, caro leitor.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS