Domingo, Maio 26, 2024
21.1 C
Braga
RegiãoEsposendeDia Nacional dos Jardins assinalado em Esposende

Dia Nacional dos Jardins assinalado em Esposende

© CM Esposende

Esposende assinalou o Dia Nacional dos Jardins, que se comemorou ontem, 25 de maio, pela primeira vez, por Resolução da Assembleia da República, de 2022.

A efeméride foi instituída para homenagear o arquiteto paisagista Gonçalo Ribeiro Telles, que nasceu nesta data em 1922 em Lisboa, tendo falecido em novembro de 2020. Figura pioneira na arquitetura paisagista em Portugal, foi um ambientalista visionário, com a preocupação de proteger o ambiente, criando vários instrumentos de ordenamento do território, na defesa da paisagem e na promoção da qualidade de vida dos cidadãos.

Este dia pretende celebrar a importância e a vivência dos espaços verdes, bem como o legado de Gonçalo Ribeiro Telles na proteção do ambiente, na defesa da paisagem e na promoção da qualidade de vida dos cidadãos, através de ações tendentes a fomentar o conhecimento e a proteção da biodiversidade, a sensibilizar sobre a necessidade de preservação dos espaços verdes, a assegurar a arborização e renaturalização e a realização de cadastros verdes nas escolas.

De modo a assinalar o dia e sensibilizar para estes valores, a empresa municipal Esposende Ambiente, em parceria com a Esposende 2000, organizou uma atividade de lazer ao ar livre, no jardim da Zona Ribeirinha de Esposende, que contou com a participação do Centro Infantil A Gaivota, e promoveu atividades e ateliers, no Centro de Educação Ambiental e no Horto Municipal, durante todo o dia, para as crianças do Jardim de Infância e utentes do Centro de Dia da JUM – Juventude Unida de Marinhas.

O concelho de Esposende é dotado de cerca de 180 mil metros quadrados de espaços verdes, sendo que aproximadamente 70 mil correspondem à zona urbana de Esposende. Para além das 1.200 árvores inseridas nos espaços verdes, cerca de 6.000 árvores encontram-se distribuídas em caldeiras nos arruamentos.

Os espaços verdes urbanos surgem como componentes indispensáveis na qualidade de vida dos cidadãos e do ambiente. Associam-se aos benefícios climáticos e ambientais que a vegetação proporciona, efeitos positivos na vida humana, nomeadamente a nível psicológico, educativo, funcional, estético, cultural e desportivo. Os jardins ajudam a promover uma vida ativa, a saúde e o bem-estar, sendo uma cidade tanto mais agradável quanto mais próxima for a relação dos seus habitantes com espaços verdes existentes.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES