Sábado, Julho 24, 2021
15.6 C
Braga
InícioRegiãoCovid-19: 13 concelhos de Braga saíram de risco extremo de contágio

Covid-19: 13 concelhos de Braga saíram de risco extremo de contágio

CM Braga

Todos os concelhos do distrito de Braga registaram uma descida acentuada de casos de Covid-19 por 100 mil habitantes entre 27 de janeiro e 9 de fevereiro, de acordo com os dados do boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde desta segunda-feira.

O número de concelhos em risco extremo de contágio baixou para 1, com Vieira do Minho a ser agora o único concelho do distrito em risco extremo, apresentando um índice de 996 por 100 mil habitantes.

Barcelos foi o concelho que registou a maior quebra de novas infeções, com menos 887 detetados, seguindo-se Vila Verde com menos 787 e Póvoa de Lanhoso com menos 721 casos positivos.

Os concelhos de Barcelos, Vila Verde, Vila Nova de Famalicão, Póvoa de Lanhoso, Esposende, Fafe, Guimarães, Braga, Terras de Bouro, Vizela e Amares desceram de risco extremo para risco elevado de contágio.

Por seu turno, Celorico de Basto e Cabeceiras de Basto baixaram de risco extremo para moderado.

Refira-se que a Direção-Geral da Saúde divide os concelhos em sete níveis de incidência, consoante o número de casos de Covid-19 e o risco de contágio que representam, nomeadamente abaixo de 20,0; entre 20,0 e 59,9; entre 60,0 e 119,9; entre 120,0 e 239,9; entre 240,0 e 479,9; entre 480 e 959,9 e acima de 960.

Casos de Covid-19 por 100 mil habitantes no distrito de Braga

  • Vieira do Minho – 996 (-558)
  • Barcelos – 899 (-887)
  • Vila Verde – 816 (-787)
  • Vila Nova de Famalicão – 800 (-676)
  • Póvoa de Lanhoso – 781 (-721)
  • Esposende – 781 (-626)
  • Fafe – 722 (-489)
  • Guimarães – 688 (-698)
  • Braga – 664 (-540)
  • Terras de Bouro – 645 (-440)
  • Vizela – 561 (-598)
  • Amares – 557 (-419)
  • Celorico de Basto –478 (-688)
  • Cabeceiras de Basto – 371 (-557)

Apoie a Braga TV

O apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS