Quinta-feira, Maio 13, 2021
15.4 C
Braga
InícioCulturaCoro Académico da Universidade do Minho regressa aos concertos

Coro Académico da Universidade do Minho regressa aos concertos

CAUM

O Coro Académico da Universidade do Minho realiza, no dia 14 de maio, o 15º Encontro de Coros Universitários (ECU), que conta com coros do Porto, Bélgica e Japão. O concerto tem lugar no Salão Medieval da Reitoria da Universidade do Minho e tem lotação limitada.

Mantendo o espírito de encontro num novo regresso da cultura, o XV ECU conta com convidados nacionais e internacionais. Diretamente da Bélgica, participa o Leuvens Universitair Koor. O Japão é representado pelo SAfro FAmily. Estes coros internacionais fazem a sua participação remotamente. O convidado nacional é o Coral do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, do Porto, que marca presença no Salão Medieval com o Coro Académico da Universidade do Minho.

A presença remota de coros internacionais é uma novidade deste ECU. João Pedro Quesado, presidente do Coro Académico da Universidade do Minho, afirma que o confinamento motivou esta decisão. “Tentamos tirar o melhor proveito da situação difícil em que a pandemia nos colocou, com toda a gente a estar confinada e os coros estarem a trabalhar online, para podermos alargar horizontes”, explica.

Os bilhetes são reservados através da plataforma online Eventbrite e são gratuitos. De acordo com a Direção do Coro Académico, foi elaborado “um plano de contingência para o concerto e esse plano está a ser avaliado pela autoridade de saúde local” e “o que a autoridade determinar, será aplicado”. Segundo João Quesado, “todos os coristas irão cantar de 2 / 2 máscara”, tal como no concerto de Natal Puer Natus Est. O concerto é transmitido em direto no Facebook do Coro Académico da Universidade do Minho.

O ECU ocorre a cada dois anos e promove a partilha de experiências e conhecimentos entre Coros Universitários de diferentes regiões do país e do mundo.

Apoie o jornalismo.

A Braga TV é um canal de informação independente. Todas as notícias e conteúdos são e continuarão a ser disponibilizados gratuitamente.

Para continuar a oferecer um serviço de informação de referência na região, precisamos do apoio dos nossos leitores para continuar a desempenhar o nosso papel de informar.

Precisamos do seu contributo, caro leitor.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS