Domingo, Abril 14, 2024
20.4 C
Braga
EducaçãoConselho de Ética e Provedor Institucional da UMinho tomaram posse

Conselho de Ética e Provedor Institucional da UMinho tomaram posse

© UMinho

Os membros do Conselho de Ética e o Provedor Institucional da UMinho, João Álvaro Carvalho, tomaram posse esta sexta-feira, no Largo do Paço, em Braga. A sessão contou com a presença dos membros do Conselho Geral da UMinho, presidido por Joana Marques Vidal, e do reitor, Rui Vieira de Castro.

O Conselho de Ética (CEUMinho) é presidido pela professora emérita Cecília Leão, incluindo ainda os professores Manuel Gama, Manuel Pinto, Pedro Albuquerque e Célia Pais, os estudantes Luciana Meneses e Manuel Protásio, a técnica superior Isabel Monteiro, além de quatro personalidades externas – Jorge Soares (Universidade de Lisboa), Lucília Nunes (Instituto Politécnico de Setúbal), José Manuel Mendes (Associação Portuguesa de Escritores) e Helena Freitas (Universidade de Coimbra).

Este órgão de natureza consultiva do Reitor e do Conselho Geral da Universidade apoia políticas e ações de salvaguarda dos princípios éticos e deontológicos na investigação, no ensino, na interação com a sociedade e no funcionamento geral da academia. Cecília Leão é doutorada em Biologia/Microbiologia pela UMinho, na qual foi vice-reitora, presidente da Escola de Ciências e da Escola de Medicina (que cofundou), diretora do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde e vice-presidente do Conselho de Ética, entre outras funções. É (co)autora de mais de cem publicações científicas, detentora da Cátedra Alumni Medicina – Prof. Pinto Machado, membro da Academia das Ciências de Lisboa e recebeu a Medalha de Mérito Científico do Governo português.

O Provedor Institucional, João Álvaro Carvalho, nasceu em Braga em 1960 e doutorou-se em Sistemas da Informação pelo Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade de Manchester (Reino Unido). É professor catedrático do Departamento de Sistemas de Informação da Escola de Engenharia da UMinho, na qual leciona desde 1983 e foi presidente interino e vice-presidente, além de presidente do seu primeiro Conselho de Escola. Cofundou a Associação Portuguesa dos Sistemas de Informação (APSI), foi consultor da entidade governamental gestora das tecnologias da informação (GPTIC), tem coordenado comissões da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) e colabora com a Universidade das Nações Unidas (UNU-EGOV), entre outras atividades. O Provedor Institucional tem como função promover os direitos do pessoal da Universidade e, desde a sua criação em 2018, teve o professor emérito Aníbal Alves no cargo.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES