Segunda-feira, Setembro 20, 2021
19.4 C
Braga
InícioBragaColigação Juntos Por Braga quer afirmar-se como "amiga do desporto e da...

Coligação Juntos Por Braga quer afirmar-se como “amiga do desporto e da juventude” em Gualtar

© Juntos Por Gualtar

A coligação “Juntos Por Braga” quer afirmar-se como “amiga do desporto e da juventude” em Gualtar e lamenta a “precariedade de equipamentos locais” na freguesia.

Em mais uma edição da iniciativa “Conversas Com Quem Sabe”, a coligação teve como convidada Sameiro Araújo, vice-presidente e vereadora do desporto da Câmara de Braga, que afirmou que a cidade é “amiga do desporto por ser um um município com políticas desportivas de vanguarda que apoia o associativismo, o desporto federado, o desporto escolar e o desporto informal”.

Relativamente a Gualtar, a coligação referiu que “ficou a convicção de que muitos jovens da freguesia procuram a prática desportiva noutras associações de outras freguesias, devido à precariedade de equipamentos locais”. Sameiro Araújo disse que “não compreende o adiamento da abertura do rocódromo, que há um mês está praticamente concluído”, assim como “os motivos que levam ao fecho para usufruto público dos polidesportivos da freguesia”.

Questionada por Luís Marques sobre o parque de lazer e desportivo a construir no campus universitário de Gualtar, a convidada considerou que a proposta defendida pelo PS local “não era exequível”. “Neste momento, está estabelecido um contrato de comodato entre a Universidade do Minho e o Município de Braga para a construção deste futuro parque. O projeto, em fase de conclusão, prevê o usufruto da Universidade do Minho durante o dia e a gestão pelo município ao fim do dia e nos fins de semana. Juntamente como parque de lazer a construir no terreno disponibilizado pela Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Braga (APPACDM), este será um verdadeiro parque da cidade ao dispor dos gualtarenses e de toda a população em geral”, anunciou a vice-presidente.

Alexandre Gencer, membro da coligação, considerou que as organizações jovens “têm um papel fundamental numa comunidade porque é a partir delas que são promovidas iniciativas de carácter desportivo” e “lamenta o fecho de algumas associações desportivas em Gualtar”. “Qualquer autarca tem a obrigação de dialogar com as associações locais enquanto mais valia da comunidade, até porque o desporto é um fator de inclusão, quer nos jovens quer na população mais idosa”, disse. Para o convidado destas conversas, o poder local “deve assegurar equipamentos para que as crianças possam ter, em segurança, a prática desportiva como forma de combater a dependência juvenil do digital”.

Sara Magalhães, Álvaro Dias e Bruna Gomes, jovens da freguesia, testemunharam a sua ligação associativa em Gualtar, lamentando “a falta de apoio às famílias e pouca diversidade de oferta para o movimento associativo jovem na freguesia, destacando positivamente o contributo da paróquia nesta dimensão”.

Carlos Videira, diretor do Departamento de Desporto e Cultura dos Serviços de Acção Social da Universidade do Minho, salientou a “importância da criação de espaços de fruição livre para a prática desportiva e de lazer numa comunidade”. “Esta é uma dimensão fundamental para a saúde física, social, mental e, portanto, da qualidade de vida. O fim da pandemia desafia as comunidades locais a esbater o impacto da mesma no sedentarismo dos jovens e a retomar a prática desportiva de recriação e federada. Para uma autarquia local deve ser prioritário ter a sua população na rua e em movimento, o que exige soluções de proximidade com estruturas e equipamentos de qualidade”, informou.

Nuno Vilar, candidato à Assembleia de Freguesia de Gualtar pela coligação Juntos Por Braga, prometeu que a sua candidatura “acolherá os desafios partilhados nestas conversas, assegurando um reforço no apoio ao associativismo em Gualtar, um acordo vantajoso para a freguesia no usufruto do parque de lazer e desportivo a construir na Universidade do Minho e a abertura dos polidesportivos da freguesia para fruição livre de todos os gualtarenses”.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS