Domingo, Junho 26, 2022
17.8 C
Braga
InícioEducaçãoCláudia Sarrico dá aula inaugural como professora catedrática da Universidade do Minho

Cláudia Sarrico dá aula inaugural como professora catedrática da Universidade do Minho

Cláudia Sarrico

A aula inaugural de Cláudia Sarrico como professora catedrática da Escola de Economia e Gestão (EEG) da Universidade do Minho realiza-se na próxima terça-feira, dia 21, às 15:00, no auditório 0.03 daquela Escola, sito no campus de Gualtar, em Braga. A sessão tem o tema “Da Engenharia Industrial para a Gestão de Operações” e conta na abertura com a presidente da EEG, Cláudia Simões. O evento é uma oportunidade para Cláudia Sarrico apresentar o seu percurso de carreira, os seus planos para o futuro e a sua área do saber, quer à academia como à comunidade em geral.

Cláudia Sarrico é licenciada em Engenharia e Gestão Industrial pela Universidade de Aveiro (com períodos de intercâmbio nas universidades de Lyon III, França e de Friburgo/Instituto Fraunhofer, Alemanha) e doutorada em Gestão pela Warwick Business School, Reino Unido. Foi professora da Universidade de Aveiro (2000-10) e do ISEG (2010-21). Foi também assessora da presidência da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e do Gabinete de Estudos e Análise da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES), bem como analista no grupo de estatística e investigação operacional da Royal Mail Consulting (Reino Unido), cientista na Unidade de Gestão da Cadeia de Fornecimento da Unilever Research e analista de políticas de ensino superior e ciência na OCDE. É investigadora sénior do Centro de Investigação de Políticas do Ensino Superior.

O seu percurso permite-lhe uma abordagem sistémica, transdisciplinar e baseada na análise de dados e da evidência. Procura aplicar esse know-how a áreas com grandes desafios de desempenho ao nível da qualidade, equidade, relevância e sustentabilidade financeira, como a ciência, o ensino superior e a educação. A sua carreira intersetorial (academia, setor privado, público, organismos internacionais) possibilita-lhe ainda as abordagens practice-led theory e theory-led practice.

A Engenharia Industrial foi fundada com o mote de melhorar as coisas em qualquer indústria, utilizando conhecimento e competências das ciências matemáticas, físicas e sociais, a par de princípios e métodos da análise e conceção da engenharia. Já a Investigação Operacional (ou ciência de gestão) apoia os decisores a tomarem as melhores opções em vários setores de atividade, enquanto a Gestão de Operações foca a conceção de processos e operações que dão origem a produtos e serviços, com o planeamento e controlo das ações e cadeias de fornecimento, até ao esforço de melhoria das operações, realça.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS