Domingo, Junho 23, 2024
17.8 C
Braga
RegiãoEsposendeCentro de Educação Ambiental de Esposende dedicou mês de janeiro à ciência

Centro de Educação Ambiental de Esposende dedicou mês de janeiro à ciência

© CM Esposende

À semelhança de anos anteriores, o Centro de Educação Ambiental de Esposende dedicou o mês de janeiro à ciência, promovendo um conjunto de iniciativas dirigidas a diferentes públicos, que envolveram mais de um milhar de participantes.

A iniciativa “Janeiro, mês da Ciência” procurou, assim, envolver toda a comunidade em torno da dinâmica do Centro de Educação Ambiental, um espaço de excelência, promotor de uma estratégia de sensibilização, formação e educação para a sustentabilidade.

Ao longo do mês de janeiro, o Centro de Educação Ambiental desenvolveu atividades através do “Mar de Experiências”, nomeadamente exposições dedicadas à exploração espacial e à problemática do lixo marinho. No Centro de Acolhimento, esteve patente a exposição “Da Terra aos confins do universo”, do Planetário do Porto, composta por imagens sobre a escala do Universo, desde os telescópios VLT, no Chile, até ao Hubble Extreme Deep Field. Já nos espaços exteriores, foi apresentada a exposição “Missão Planeta Mais Azul”, constituída por várias instalações artísticas dedicadas à exploração espacial. Tendo por base a reutilização de lixo marinho, com particular destaque para os resíduos de plástico recolhidos nas praias da zona norte, esta mostra pretendeu assinalar, simbolicamente, o regresso das missões à lua. Como complemento às exposições, foram promovidas várias sessões da oficina criativa “Construção de um Vaivém Especial”, dirigida a alunos do pré-escolar e dos 1.º e 2.º anos de escolaridade. Os participantes tiveram a oportunidade de construir o seu próprio vaivém espacial com recurso a lixo marinho, com especial destaque para a reutilização de resíduos de plástico.

Já no dia 25 de janeiro, teve lugar a apresentação da peça de teatro “A viagem de Gotília”, pelo Grupo de Teatro Muzumbos, que abordou a importância dos recursos hídricos, o ciclo urbano da água e a urgência de se combater todas as formas de desperdício de água potável. O teatro foi apresentado em três sessões, no Auditório Municipal de Esposende, e contou com a participação de cerca de 700 crianças e jovens de 11 estabelecimentos de educação e ensino concelhios.

A iniciativa “Janeiro, mês da Ciência” integrou, ainda, duas ações de formação dedicadas à poda de árvores de fruto, orientadas pelo Eng.º Abel Barroso, que dotaram os participantes de conhecimentos básicos e das principais competências técnicas inerentes à poda de fruteiras. De referir que inicialmente estava prevista apenas uma ação, mas a elevada procura motivou o agendamento de uma segunda sessão.

O Plano de Atividades do Centro de Educação Ambiental para 2023/2024 encontra-se disponível no site da Esposende Ambiente e no Blogue do CEA, em www.esposendeambiente.pt.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES