Quarta-feira, Setembro 28, 2022
15 C
Braga
InícioRegiãoCelorico de BastoCelorico de Basto investe 23 mil euros na melhoraira da linha de...

Celorico de Basto investe 23 mil euros na melhoraira da linha de transportes públicos

© CM Celorico de Basto

O Município de Celorico de Basto articulou todos os trâmites para colocar em funcionamento uma nova linha de transportes públicos que cobre a área geográfica de Celorico à Mota pelo percurso de Gémeos, Carvalho e Borba. Estes novos horários e o aumento do percurso da carreira procuram ajustar-se às necessidades dos seus utilizadores.

Segundo José Peixoto Lima, presidente da Camara Municipal de Celorico de Basto, os novos horários e o aumento do percurso da carreira até à Mota “têm como objetivo ajustar-se às necessidades da população que os utiliza. Esta linha tinha horários disfuncionais, incapazes de servir de forma eficiente os utilizadores deste transporte público. Com esta alteração vamos aumentar o percurso desta linha e os horários de funcionamento da mesma de acordo com as necessidades da população em geral e muito particularmente dos jovens e pessoas a trabalhar nas nossas empresas”.

Esta linha serve os trabalhadores da Zona Industrial de Carvalho, os alunos da Escola Básica e Secundária de Celorico de Basto e a população em geral que se desloque das zonas da Mota, Borba, Carvalho e Gémeos para a sede do concelho e vice-versa.

O novo horário prevê sete viagens diárias, nos dias úteis. As paragens de origem e destino variam entre as diferentes viagens, em função das necessidades dos principais fluxos de passageiros, tendo em conta dos horários das fábricas (entrada 8:00, saída 17:00) e da escola (entrada 8:30, saída 13:10, entrada 13:20, saída 18:00).

Duas das viagens serão financiadas pelo PART (programa de apoio à redução tarifária) e pelo PROTransP (programa de apoio à densificação e reforço da oferta de transporte público), em substituição do financiamento atualmente atribuído à linha Borba – Celorico. As restantes cinco serão financiadas pelo Município, nos termos do Acordo de Regulação do Financiamento entre a CIM-TS e o Município.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS