Domingo, Fevereiro 25, 2024
14 C
Braga
InícioRegiãoCelorico de BastoCelorico de Basto cria rede de apoio ao povo ucraniano

Celorico de Basto cria rede de apoio ao povo ucraniano

© CM Celorico de Basto

O Município de Celorico de Basto aprovou, em sede de reunião de executivo, a criação de uma rede de apoio ao povo ucraniano. A proposta foi apresentada pelo presidente de Câmara, José Peixoto Lima, e mereceu voto unânime do executivo.

Tendo em conta os recentes acontecimentos na Ucrânia e a enorme vaga de refugiados gerada pela guerra que decorre naquele país, o executivo celoricense, decidiu ontem criar uma rede solidária de apoio ao povo ucraniano.

Na proposta, que mereceu aprovação por todos os vereadores municipais, consta a criação de uma plataforma de recolha de bens alimentares, medicamentos, roupas e outros bens de primeira necessidade, identificados pelas organizações que neste momento trabalham no terreno. Esta plataforma, coordenada pelo Banco Local de Voluntariado local, reunirá os contributos das diversas instituições, organizações e cidadãos, que a título individual pretendam dar o seu contributo de ajuda ao povo Ucraniano. Esta plataforma irá articular com as organizações que estão a fazer chegar estes bens a quem deles necessita.

Esta rede solidária vai mais longe e contempla a criação de condições para acolhimento e integração de refugiados, prestando apoio ao nível da habitação – em instalações pertencentes ao Município, nomeadamente a antiga Estação de Caminho de Ferro de Celorico de Basto e coordenando a disponibilidade de outros locais com diversas organizações e privados, mas proporcionando também apoios ao nível do emprego, educação, integração social e apoio jurídico.

Para José Peixoto Lima, “esta é um contributo importante do Município de Celorico de Basto, que não se limita ao envio de ajuda humanitária para a frente da guerra. Na medida das nossas possibilidades, tudo faremos para apoiar este povo que neste momento sofre as agruras da guerra. O povo Ucraniano tem um historial de boa integração na nossa comunidade e o nosso concelho caracteriza-se pelo espírito solidário, pelo que, esta aprovação por unanimidade por parte do executivo municipal, reflete o sentimento dos celoricenses e a vontade de ajudar quem neste momento passa por dificuldades. Estaremos atentos à evolução da situação e não nos iremos colocar de lado nesta causa humanitária, honrando o nosso historial de colaboração e solidariedade, enquanto Europeus, Portugueses e Celoricenses”.

A recolha de bens, nesta primeira fase, terá lugar até ao próximo dia 15 de março, podendo ser entregues nas juntas de freguesia ou na Câmara Amiga.

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES