Sábado, Janeiro 29, 2022
16.1 C
Braga
InícioRegiãoCDU defende necessidade de "fazer cumprir" os direitos das mulheres

CDU defende necessidade de “fazer cumprir” os direitos das mulheres

© CDU Braga

O MDM – Movimento Democrático das Mulheres recebeu uma delegação da CDU constituída pelos candidatos Torcato Ribeiro, Ana Paula Martins e Catarina Marques.

Durante a reunião foram abordados problemas específicos das mulheres, quer no plano nacional e regional. A “persistência de desigualdades no trabalho e nos salários” foi um fator destacado, tendo em conta que “as mulheres continuam, em média, a usufruir de salários inferiores aos homens, e que são mais afetadas na precariedade e no acesso ao emprego”. “O combate à desregulação de horários, a prevenção e garantia dos direitos no trabalho por turnos, a redução geral do horário de trabalho para as 35 horas semanais, sem perda de remuneração nem de outros direitos, assim como a consagração de 25 dias úteis de férias para todos os trabalhadores”, foram igualmente colocadas. O MDM ressalvou que “a emancipação da mulher passa inevitavelmente pela independência económica”.

Torcato Ribeiro referiu que “é necessário garantir a defesa dos direitos de maternidade e paternidade e a criação de condições para o envolvimento de ambos os pais nas responsabilidades familiares. É um imperativo concretizar investimentos em infraestruturas modernas, de elevada qualidade e locais e financiamento de serviços e prestadores de cuidados para garantir a universalidade do ensino pré-escolar e das estruturas de acolhimento de crianças, incluindo a partir de serviços públicos para a prestação de serviços de educação e acolhimento na primeira infância, incluindo o ensino pré-escolar público”.

Por sua vez, Catarina Marques salientou que “a CDU defende o reforço dos serviços de saúde que garantam cuidados de saúde de alta qualidade bem como o acesso à saúde sexual e reprodutiva”, conforme preocupação manifestada pelas representantes do MDM.

Foi ainda abordada a importância de melhorar e implementar medidas com vista “ao combate a todas as formas de violência que recaem sobre as mulheres, seja em contexto doméstico, no namoro e no trabalho”.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS