Terça-feira, Novembro 29, 2022
10.9 C
Braga
InícioBragaCDS Braga recebida por D. José Cordeiro

CDS Braga recebida por D. José Cordeiro

© CDS

Na semana em que D. José Cordeiro celebrou 11 anos da sua ordenação episcopal, a Comissão Política do CDS de Braga foi recebida em audiência pelo Arcebispo Primaz. Este encontro foi solicitado pelo partido centrista com o “intuito de desejar que a caminhada que o trouxe a Braga seja fraterna e de partilha com a comunidade”.

Na referida audiência, a Comissão Política do CDS fez referência ao histórico de cooperação entre o Partido Centrista e a Igreja. Partilhou da preocupação da Arquidiocese “em relação a alguns dossiers que são comuns no que concerne à vida da comunidade”. Desde a área social à cultura, a reunião pautou-se pela “sintonia em fazer de Braga um polo cada vez mais atrativo para quem vive na cidade e para quem vem de fora”.

Altino Bessa, vereador municipal e presidente da Concelhia do CDS de Braga, referiu que “foi com muita honra que fomos recebidos pelo D. José Cordeiro que, com a sua sensatez, serenidade e sensibilidade, fará, com certeza, uma caminhada muito profícua em Braga. Comungamos de muitas preocupações, mas, fundamentalmente, da incerteza dos tempos que se avizinham. Este encontro foi proveitoso e bastante gratificante na medida em que se concretizou uma partilha de ideias para futuro em relação a alguns assuntos que a Arquidiocese tem em ‘comum’ com a autarquia. Entre muitos outros temas que estiveram ‘em cima da mesa’, constatou-se que as IPSS do território têm desenvolvido um trabalho hercúleo e essencial no combate à pobreza no território, criando sinergias de grande valor com o Município. Neste encontro versou-se também sobre a importância da relação entre as várias instituições do concelho e distrito para que se possa fazer face a algumas crises. A Covid-19 e a Missão Ucrânia foram exemplo de que só com a união de todas as estruturas é possível criar respostas efetivas. A articulação das estruturas locais com a sociedade civil é preponderante para que haja soluções eficazes e funcionais no terreno”.

Altino Bessa salientou ainda a importância da cooperação e partilha entre as várias entidades da cidade. “Saímos desta audiência com a certeza de que D. José Cordeiro trouxe consigo colaboração e compromisso com os bracarenses. De trato exímio, pensamento simples e um discurso que chega a todas e a todos, estamos certos de que Dom José Cordeiro será portador de fraternidade num percurso que desejamos longo e bem-sucedido. Saímos deste encontro com a certeza de que assumimos o mesmo desígnio: o bem-estar dos bracarenses”.

Os vereadores do CDS que integram o Executivo Municipal mostraram-se disponíveis para dar continuidade ao aprofundar de relações entre a Arquidiocese e o Município.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS