Sábado, Julho 24, 2021
15.6 C
Braga
InícioBragaCâmara de Braga anuncia intervenção para combater poluição na Ribeira de Panóias

Câmara de Braga anuncia intervenção para combater poluição na Ribeira de Panóias

União de Merelim São Paio, Panóias e Parada de Tibães

A Câmara Municipal de Braga anunciou esta segunda-feira, em Reunião de Câmara, uma intervenção para combater a poluição na Ribeira de Panóias, após o alerta dado pela União de Freguesias que se depara com este problema ambiental há vários anos.

Bárbara Barros, vereadora da CDU, questionou o Executivo Municipal sobre uma possível intervenção para mitigar os efeitos poluidores e devolver a qualidade de vida aos moradores de Panóias. “A Junta de Freguesia de Panóias voltou a fazer chegar-nos esta preocupação relativamente à poluição no rio Torto, que tem sofrido um agravamento ao longo dos últimos anos e que ainda não tem solução. A população desta freguesia tem sentido os efeitos deste problema ambiental e, por isso, venho questionar o presidente quanto à identificação das fontes e dos focos poluidores, assim como à resolução deste problema”, perguntou Bárbara Barros, durante a Reunião de Câmara.

A vereadora demonstrou a sua preocupação com a duração da poluição existente e que “vai agravar com a chegada do bom tempo”. “A verdade é que este problema nunca deveria ter surgido e já dura há demasiados anos com incómodos perfeitamente compreensíveis por parte da população que ali vive. Sabemos que o problema irá agora agravar-se com a melhoria do tempo e, portanto, vai intensificar-se o odor da poluição, pondo em risco a saúde não só de quem ali habita, mas também da população das freguesias adjacentes”, alertou Bárbara Barros.

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, afirmou que a poluição na Ribeira de Panóias deve-se a “erros de construção na ETAR de Frossos”, problemas que a Autarquia “tem tentado mitigar ao longo dos últimos anos”. “A Ribeira de Panóias é um problema que conhecemos há décadas e cujo problema de origem é, como bem sabemos, os erros de construção que foram feitos na ETAR de Frossos, os quais temos tentado mitigar ao longo dos últimos anos. Ao mesmo ritmo que têm sido feitas as intervenções de manutenção e conservação nessa ETAR, os problemas têm vindo a agravar-se por via de uma sobrecarga em função do crescimento da população”, sublinhou o autarca.

O edil disse que o Executivo tem já algumas soluções previstas para resolver o problema, sendo a construção da nova ETAR “a resposta mais importante”, uma vez que “vai diluir a carga da ETAR de Frossos e, assim, diminuir os fatores de risco que existem naquele local”.

“Como já é sabido, agora na  intervenção de conclusão do troço da Variante do Cávado até Frossos, já está prevista uma primeira intervenção na zona envolvente junto ao rio Torto. Também está a ser negociada com a Agência Portuguesa do Ambiente uma intervenção de fundo para criar baías de retenção a montante do espaço que agora vai ser intervencionado para, assim, reduzir os riscos para a população”, garantiu o autarca.

Ricardo Rio explicou que será feita também uma renaturalizaçao de todas as margens do rio Torto, à semelhança do rio Este, para que estas “sejam mais agradáveis para quem ali reside”.

O edil informou que este projeto vai durar alguns meses, estando a ser já articulado com a Agência Portuguesa do Ambiente. “Esperemos que seja uma realidade tão cedo quanto possível”, finalizou Ricardo Rio.

Apoie a Braga TV

O apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS