Terça-feira, Outubro 4, 2022
15.3 C
Braga
InícioReportagemBraga voltou a viver magusto à moda antiga

Braga voltou a viver magusto à moda antiga

© Sandra Antunes

Braga reviveu, este domingo, um magusto típico de outros tempos. Organizado pela Rusga de São Vicente, o magusto realizou-se no terreiro contíguo à Torre de Menagem onde decorreram cantigas populares, danças, saltos à fogueira e o “botar das almas”.

José Pinto, presidente da Rusga de São Vicente, mostrou-se bastante satisfeito com a retoma da iniciativa, após uma paragem forçada devido à pandemia, que juntou dezenas de pessoas no centro de Braga.

© Sandra Antunes

“A Rusga desce ao Terreiro faz este ano, precisamente, 10 anos. Começámos do lado oposto da Torre de Menagem com bastantes pessoas e ano após ano, o magusto tem vindo a crescer, o que para nós é ótimo. Este ano, com o regresso à normalidade, as pessoas estão sedentas destes momentos de alegria, de convívio e de folguedo”, contou José Pinto.

“Depois de comermos, dançarmos e cantarmos, como estamos no mês das almas, cumpriremos o ritual do ‘botar das almas’, que é um ritual para pedir em voz alta que as almas do purgatório possam ascender aos céus. Há que rezar pelas almas”, salientou o presidente.

© Sandra Antunes

O magusto à moda antiga tem como objetivo salvaguardar as tradições e repor os folguedos dos antepassados que decorriam nos terreiros das aldeias.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS