Segunda-feira, Junho 24, 2024
20.4 C
Braga
BragaBraga reduziu 38.216 m3 de água da rede pública utilizada para a...

Braga reduziu 38.216 m3 de água da rede pública utilizada para a rega dos jardins

© CM Braga

Nos últimos seis anos, o Município de Braga reduziu 38.216 m3 de água da rede pública utilizada para a rega dos jardins públicos. De acordo com a autarquia, esta redução corresponde a uma poupança de 48.639 euros.

Ciente de que, “para deixar de utilizar água da rede pública na rega dos jardins públicos, ainda há muito trabalho a fazer”, o vereador do Ambiente, Altino Bessa, regista com satisfação, “a eliminação de 53 de contadores, assim como, a redução dos consumos de água potável, passando de 82.621 m3 em 2017 para 44.405 m3 em 2022”.

“Tendo em consideração os custos sociais, económicos e ambientais muito elevados que o consumo de água potável representa na rega de jardins públicos, o Município dá assim mais um passo na poupança da água, na proteção e valorização dos recursos naturais e na mitigação e adaptação às alterações climáticas”, sustenta Altino Bessa.

O vereador do Ambiente recorda que “a autarquia tem vindo a adoptar medidas concretas para a redução do consumo de água da rede pública na rega dos jardins, nomeadamente com a substituição dos sistemas de abastecimento de água por sistemas de exploração de água do local, tais como, reaproveitamento das águas dos poços, tanques e reservatórios existentes, execução de furos e instalação de reservatórios, reparação das redes de rega automática e utilização de sistemas de rega mais modernos e eficientes”.

Estas medidas foram adotadas nos jardins da Avenida da Liberdade, no Campo das Hortas e no Alto da Cividade. O Município também procedeu à substituição dos relvados por prados de sequeiro, plantando árvores e arbustos de baixo consumo de água.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES