Quarta-feira, Agosto 10, 2022
22.2 C
Braga
InícioBragaBraga quer ajudar associação na construção e recuperação de habitações para famílias...

Braga quer ajudar associação na construção e recuperação de habitações para famílias carenciadas

© CM Braga

O vereador João Rodrigues, responsável pelas áreas do Urbanismo, Planeamento e Habitação do Município de Braga, visitou a Associação “Domus – Dignificar a Habitação”, sediada em Braga, e que faz parte da rede internacional “Fuller Center for Housing”, que tem como objetivo principal a construção e recuperação de habitações para famílias carenciadas e incapazes de recorrer ao mercado tradicional de habitação. A visita teve como objetivo a troca de ideias acerca da forma como o Município pode auxiliar esta e outras associações que atuam neste âmbito.

Com um regime de mão de obra voluntária (nacional e internacional), a Domus tem procurado assegurar habitação condigna a pessoas que não têm acesso aos meios de financiamento tradicionais disponíveis no mercado da habitação e a pessoas que vivem com parcos rendimentos e especiais estatutos, como acontece com várias famílias de refugiados.

Na visita à Associação, João Rodrigues teve a oportunidade de conhecer o espaço de alojamento local Domus Guest House, gerido pela Domus, cujas receitas da atividade revertem integralmente para financiar as intervenções que a associação promove.

A visita prolongou-se ainda à freguesia de Tadim, local escolhido pela Domus para a requalificação de um imóvel, mesmo no centro da freguesia, que irá albergar mais seis famílias.

João Rodrigues relembrou a importância do trabalho da Domus, para justificar “a necessidade de haver um comprometimento especial da parte do Município para auxiliar a associação e os seus voluntários na prossecução da sua tão nobre atividade. Uma associação que tem como principal finalidade garantir habitação para os menos protegidos, de forma absolutamente voluntária, tem de merecer especial atenção da parte de todos aqueles que a possam ajudar, como é o caso do Município”, referiu.

O Município de Braga e a Domus vão, assim, procurar intensificar o seu contacto através da assinatura de um protocolo que promova uma articulação que vise facilitar a atuação da associação.

Para tal, foi já discutida a possibilidade de serem desenvolvidos mecanismos especiais e mais ágeis que operem no âmbito do ordenamento e do planeamento de território, assim como nos procedimentos urbanísticos que tenham a associação como parte interessada e que possam vir a permitir que esta possa dar uma resposta mais célere ao tipo de situações a que geralmente ocorre.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS