Segunda-feira, Outubro 3, 2022
15.6 C
Braga
InícioBragaBraga: Palmeira invocou Nossa Senhora da Purificação

Braga: Palmeira invocou Nossa Senhora da Purificação

© Carlos Dobreira

A Freguesia de Palmeira, em Braga, invocou no domingo, Nossa Senhora da Purificação com uma imponente procissão. 

© Carlos Dobreira

De acordo com o bracarense Carlos Dobreira, durante a tarde ocorreu a saída da procissão da Igreja Paroquial, “um templo religioso com traço final de Ernesto Korrodi”. 

© Carlos Dobreira

“No corpo da procissão destaque para a Fanfarra do Agrupamento 459 Santa Maria de Palmeira do CNE, a Cruz Processional,  andores com as imagens,  entre outras, de  São José, Deus Menino, Nossa Senhora da Conceição, Sagrado Coração de Jesus, São Sebastião, Santo António, São Brás, Santo Amaro, São Bento, Santa Teresinha do Menino Jesus, Santa Filomena, Santa Luzia, Santa Rita, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora do Rosário de Fátima e Nossa Senhora da Purificação,  assim como o paleo imponente ladeado por lanternas,  membros da Junta de Freguesia de Palmeira, a Banda de Vieira do Minho e muitos crentes”, disse Carlos Dobreira.

© Carlos Dobreira

Na procissão foram integrados muitos figurados, sendo também usadas várias bandeiras de invocação ao Deus Menino, a Nossa Senhora da Conceição, ao Sagrado Coração de Jesus, à Confraria de São Sebastião, a Santa Rita, ao Senhor dos Passos, a Nossa Senhora das Dores a Nossa Senhora do Rosário de Fátima, a Nossa Senhora da Purificação e à Confraria do Santíssimo Sacramento. 

© Carlos Dobreira

Após as intervenções do Bispo Auxiliar de Braga, do pároco de Palmeira e do presidente da Comissão de Festas, os andores foram transportados para o interior da Igreja Paroquial. 

A procissão ficou marcada pelo recurso a animais, em concreto a cavalos montados e que se apresentaram no início da mesma. Para Carlos Dobreira “esta festividade cíclica de Palmeira precisa de ser divulgada a nível nacional. Sobre a paróquia de Palmeira ou de Nossa Senhora da Purificação existe documentação de interesse no Arquivo Distrital de Braga. A documentação data de 1549 a 2011 e distribui-se por 37 volumes”, informou o bracarense que esteve presente nestas grandiosas festividades.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS