Terça-feira, Dezembro 5, 2023
10 C
Braga
InícioAtualidadeBraga, Lisboa e Óbidos assinam acordo para promover o livro e a...

Braga, Lisboa e Óbidos assinam acordo para promover o livro e a leitura

© CM Braga

“Declaração de Braga”, assim se chama o Memorando de Cooperação Intermunicipal que une, desde esta quinta-feira, os Municípios de Braga, Lisboa e Óbidos na promoção do livro e da leitura.

Em comum, os três concelhos têm um festival literário que é bandeira estratégica dos territórios: em Braga o Utopia, em Lisboa o 5L e em Óbidos o Fólio. Estes eventos irão agora partilhar uma visão e caminho comuns para afirmação dos mesmos a nível nacional e internacional.

O documento foi assinado durante a abertura do Festival Literário Utopia, que decorreu no Theatro Circo. De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, trata-se de “um acordo extremamente motivador, que testemunha aquilo que é um dos desígnios de todas as instituições públicas ou privadas: estimular o gosto pela leitura e o gosto pelos livros a nível nacional”.

Segundo o edil, “é fundamental que as diversas Câmaras Municipais assumam o compromisso de trabalhar em conjunto”. “Coletivamente podemos fazer muito mais pelos nossos cidadãos para valorizar os festivais que promovemos e para os posicionar internacionalmente, como uma referência. Esta é uma parceria que, no futuro, pode resultar em partilha de programação, alinhamento de iniciativas e sincronização dos calendários de modo a valorizar ainda mais cada uma das nossas iniciativas, e criar em Portugal uma massa crítica muito interessante para todos os portugueses”, referiu o autarca.

O momento contou com as presenças do presidente da Câmara Municipal de Óbidos, Filipe Daniel, e da diretora municipal da Cultura de Lisboa, Laurentina Pereira.

Sobre o Festival Literário Utopia, Ricardo Rio sublinhou que este surge no seguimento do trabalho que tem sido desenvolvido na área da Cultura, tendo no horizonte a responsabilidade enquanto Capital Portuguesa da Cultura em 2025 e o objetivo de fazer de Braga “uma verdadeira Capital de Cultura à escala global”.

O Utopia é uma criação da The Book Company, empresa do grupo editorial Penguin Random House.

Presente na abertura do Festival esteve também o diretor-Geral da The Book Company, Paulo Ferreira. “Braga é o primeiro destino desta Utopia, que na sua primeira edição reúne mais de 100 autores e criadores, e outras tantas horas de programação, ao longo de 11 dias consecutivos, sendo acompanhado por uma abrangente agenda expositiva, artística, educativa, de touring literário e de comunicação”, disse.

A sessão inaugural contou com a participação de Frederico Lourenço e Ricardo Araújo Pereira.

O Festival Utopia em Braga decorre até dia 12 de novembro e prevê um conjunto de iniciativas que vão desde entrevistas com autores, workshops de escrita, debates com escritores e espetáculos de música e dança.

MAIS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES