Sábado, Fevereiro 4, 2023
3.8 C
Braga
InícioBragaBraga Ciclável pretende limpeza regular da ciclovia de Lamaçães

Braga Ciclável pretende limpeza regular da ciclovia de Lamaçães

© Braga Ciclável

A Braga Ciclável alertou para a falta de manutenção na ciclovia na Avenida D. João II, em Lamaçães, apelando à Câmara Municipal para que realize uma “limpeza e lavagem profundas da pista de forma regular”.

Em comunicado, a associação lembra que “a falta de limpeza põe em causa a segurança das pessoas que ali circulam”, deixando um apelo ao Município para que “efetue uma limpeza e lavagem profunda da pista ciclável, limpeza e lavagem essas que devem ser feitas de forma regular”.

A associação recorda “a manutenção profunda realizada recentemente na pista ciclável existente na Avenida D. João II, a qual levou à correcção de erros que existiam na sua implementação”. “Hoje pode-se dizer que o desenho da ciclovia existente é mais seguro que o da anterior”, sublinha.

No entanto, a Braga Ciclável manifesta desagrado com a falta de manutenção nesta pista. “Esperava-se que existisse um plano de manutenção contínua e preventiva, por forma a evitar o desgaste da mesma e, sobretudo, a evitar colocar em perigo quem ali circula. A falta de limpeza das areias, terra e folhas coloca em risco de queda as pessoas que ali circulam de bicicleta, pois em dias de chuva há acumulação de água em algumas partes da mesma”, e por isso a Braga Ciclável sugere ao Município de Braga que “envie uma equipa da mobilidade para efetuar uma visita ao terreno em dia de chuva intensa para perceberem os problemas”.

Assim, deixa um apelo ao Município, Uniões de Freguesia e AGERE para que “sejam efetuadas as diligências necessárias, realizando-se uma limpeza e lavagem profundas da pista ciclável da Avenida D. João II, sendo que essa limpeza e lavagem devem ser feitas de forma regular. Se ainda não existir, solicitamos também ao Município, que elabore um plano de limpeza e manutenção desta e das restantes pistas cicláveis de Braga e que o mesmo seja tornado público”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS