Sábado, Dezembro 10, 2022
9.9 C
Braga
InícioBragaBraga associou-se à "Missão Pijama"

Braga associou-se à “Missão Pijama”

© CM Braga

O Município de Braga, em parceria com a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, associou-se ao Dia Nacional do Pijama por via da iniciativa “Missão Pijama”. Este dia teve como principal objetivo sensibilizar para a causa “uma criança tem direito a crescer numa família”. O Dia Nacional do Pijama celebra-se no seguimento do Dia da Convenção Internacional dos Direitos da Criança (20 de novembro).

O Município e a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva juntaram-se para lembrar esta efeméride com o intuito de destacar o direito a ser criança e a ter uma família. Neste sentido, nos dias 19 e 21 de novembro, a biblioteca abriu portas a duas atividades dedicadas a famílias e escolas. A primeira atividade consistiu numa oficina de criação de pijamas, foi dedicada a famílias e aconteceu no dia 19 de novembro. Hoje, dia 21, realizou-se a hora do conto “Achas que o teu pijama é especial?”.

A vereadora da Educação, Carla Sepúlveda, esteve presente na hora do conto e frisou a importância da Missão Pijama e do Dia da Convenção Internacional dos Direitos da Criança. A vereadora salientou a positiva articulação entre a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva e o Município na concretização de ações que estão intrinsecamente associadas aos espaços de leitura. “A Missão Pijama é uma das causas que só faz sentido se for desenvolvida em sinergia com a biblioteca, desde logo porque a organização do Dia Nacional do Pijama promove a leitura através da oferta de um conto para celebrar esta efeméride. É imperativo que estejamos próximos das nossas crianças e das suas famílias a partir das mais variadas estruturas que a comunidade oferece. Não se pode ser criança apenas na escola, a criança tem de o ser em casa, na rua, no parque, no transporte público, porque a criança deve ter espaço para ser e fazer ‘coisas’ de criança. Devemos sempre lembrar que a criança tem direitos e que nós, adultos, tudo devemos fazer para que estes sejam respeitados e cumpridos”, referiu.

Nesta sessão estiveram presentes alunos de três turmas do 3.º ano da Escola EB1 da Sé, 60 crianças do Centro Social Imaculada Conceição e uma turma do 1.º ciclo do Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS