Quarta-feira, Agosto 10, 2022
22.2 C
Braga
InícioReportagemBraga assinala Dia dos Namorados com mensagens contra a violência em bancos...

Braga assinala Dia dos Namorados com mensagens contra a violência em bancos de jardim

© Sandra Antunes

Braga assinalou o Dia dos Namorados com mensagens de sensibilização contra a violência no amor em bancos de jardim, situados no Largo de Nossa Senhora-a-Branca, em São Victor.

A ação de sensibilização intitulada “Senta-te e Pensa” é levada a cabo pela Junta de Freguesia de São Victor, em parceria com a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), a delegação de Braga da Liga Portuguesa Contra o Cancro e pela Polícia de Segurança Pública.

Ricardo Silva, presidente da Junta de Freguesia de São Victor, referiu que “esta ação pretende com que as pessoas reflitam sobre os bons valores do Dia dos Namorados” e que a data assinalada “seja sempre celebrada pelos bons motivos e não pelos maus motivos”.

© Sandra Antunes

“É uma ideia que nós propusemos a estas três entidades para celebrar o Dia dos Namorados e pretendemos fazer com que as pessoas reflitam sobre o verdadeiro valor desta data. Queremos que as pessoas ganhem consciência do que é o amor, o grau de responsabilidade, de compromisso e os bons valores que nós queremos adotar neste dia para que seja sempre celebrado pelos bons motivos e não pelos maus motivos. Nós estamos unidos, não só para fazer a celebração do dia, mas sobretudo para marcar efetivamente este tema”, sublinhou o autarca.

De acordo com Fátima Soeira, coordenadora da delegação de Braga da Liga Portuguesa Contra o Cancro, existem estudos científicos que comprovam que a violência numa relação atrasa a cura de doentes com cancro e que “muitas doentes são impedidas de fazerem os seus próprios tratamentos”. “Muitos jovens acham normal a violência no namoro e efetivamente começa assim. Também existem muitas doentes com cancro que são impedidas de fazerem os seus próprios tratamentos porque os ciúmes dos homens são tão fortes, que elas até têm receio de dizer que precisam de sair para fazer tratamentos”, contou a coordenadora.

© Sandra Antunes

Marta Mendes, da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, realçou a importância das vítimas procurarem apoio no gabinete, que está instalado na Junta de Freguesia. “Esta iniciativa permite-nos refletir sobre esta realidade, que é efetivamente a nossa realidade e, assim, arranjarmos soluções. É importante percebermos que em Braga existem serviços de apoio à vítima, nomeadamente no gabinete de apoio à vítima, na APAV, que fica no edifício da Junta de São Victor”, informou.

Já o Comissário Jorge Magalhães da PSP de Braga reforçou a importância de efetuar as denúncias para “responsabilizar os autores dos crimes”. “A Polícia de Segurança Pública faz um apelo concreto e direto à denúncia. É importante a informação inicial que irá permitir aos órgãos da Polícia Criminal numa fase inicial de ter conhecimento do crime para depois desenvolver o processo no sentido de responsabilizar os autores. A PSP trabalha 24 horas por dia, 365 dias por ano e está na linha da frente no sentido de colaborar em todas as situações que violem os direitos e a dignidade das mulheres”, alertou.

Cada banco é decorado pelas instituições parceiras e cada mensagem é alusiva ao empoderamento pessoal ou ao saber cuidar do próximo. A instalação deste mobiliário urbano pretende induzir à reflexão individual, potenciando a adoção de comportamentos que combatam as várias formas de violência no amor, seja pela violência física ou pela violência psicológica.

© Sandra Antunes

Contactos para apoio:

  • APAV – Gabinete de Apoio à Vítima de Braga, na Junta de S. Victor. Telefone: 253610091 e-mail: apav.braga@apav.pt;
  • PSP – Polícia de Segurança Pública: Largo de Santiago N.º6, Telefone: 253206480;
  • Delegação de Braga da Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte: Rua Dom Afonso Henriques, nº1, 2º dir.; e-mail:delegacao.braga@ligacontracancro.pt Telemóvel: 914 619 626.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS