Braga aplica plano de desconfinamento às atividades e serviços municipais
Quinta-feira , Novembro 26 2020 Periodicidade Diária nº 2647
Principal / Braga / Braga aplica plano de desconfinamento às atividades e serviços municipais

Braga aplica plano de desconfinamento às atividades e serviços municipais

A Câmara Municipal de Braga de Braga delineou um plano de desconfinamento do concelho, que vai entrar em vigor a partir de segunda-feira, 18 de maio.

Em comunicado, a Autarquia esclarece que “este plano estabelece medidas e procedimentos que permitem retomar a atividade dos serviços e espaços municipais no respeito pelas orientações emanadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e pelo Governo português”.

De acordo com o Município, “as medidas visam corresponder à necessidade de retoma da prestação de serviços públicos num contexto de contenção da pandemia, e estarão em permanente avaliação tendo em conta a evolução da situação epidemiológica no concelho”.

Plano de Desconfinamento

Reabertura no dia 18 de maio:

  • Balcão Único e Espaços do Cidadão mediante marcação – condições de acesso limitado e seguindo todas as recomendações da DGS para serviços de atendimento público;
  • Cemitério Municipal – mantém o horário atual e reabre aos sábados, com acesso limitado a 50 pessoas em simultâneo.
  • Posto de Turismo;
  • Parques de lazer do concelho, incluindo o Parque da Ponte e Parque do Picoto;
  • Parque de Campismo de Braga;
  • Quinta Pedagógica – obrigatoriedade de uso de máscara e acessos limitados a grupos de 50 pessoas, que devem cumprir entre si as normas de distanciamento social impostas. O Parque Infantil da Quinta mantém-se encerrado;
  • Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva;
  • Edifício do Castelo;
  • Centro Qualifica – com atendimento por marcação prévia;
  • Complexo Desportivo da Rodovia – com excepção dos parques infantis, dos equipamentos de fitness e dos campos das diversas modalidades;
  •  Ecovia do Rio Este – respeitando as recomendações de distanciamento social impostas pela DGS;
  • Piscinas Municipais – apenas para atletas de alta competição;
  • Campos de Ténis e Padel – espaços descobertos;
  • Estádio 1º de Maio – apenas para atletas de alta competição e federados com mínimos de participação em campeonatos nacionais de juniores e seniores.

Feiras e Mercados

  • Feira Semanal e de Grossistas – reabre a 19 de maio, no Sopé do Monte Picoto, com a obrigatoriedade de uso de máscara pelos feirantes e visitantes e com a limitação de 2 ocupantes por espaço de venda.  Os feirantes devem possuir desinfetante nos seus espaços/bancadas/tendas para uso próprio e dos clientes e desinfetar as superfícies da zona de venda. Os utilizadores devem respeitar entre si a distância social de segurança (2 metros), no momento de visita aos stands para fazer as compras. Nos recebimentos, os feirantes devem evitar o uso de numerário, privilegiando o pagamento automático (TPA, MBWay e contactless).
  • Feira de venda ambulante – reabre a 21 de maio e, por impossibilidade de assegurar as necessárias condições de segurança no espaço original (junto ao Mercado Municipal), a Feira será transferida para a Alameda do Estádio Municipal. Esta decisão tem em conta as atuais exigências preconizadas pela DGS, no que toca às regras de distanciamento social, aglomerados populacionais e regras de saúde pública em contexto de desconfinamento.  A Feira continuará a realizar-se às quintas-feiras e aos sábados, com todas as condições de distanciamento e de segurança impostas pelas autoridades de saúde pública.
  • Feira dos Passarinhos – reabre a 24 de maio, junto ao Estádio Municipal.
  • Mercado Municipal Provisório – mantém o seu funcionamento nos moldes atuais.
  • Aeródromo Municipal reabre a 18 de maio com as seguintes condições:
    • Entre 18 e 31 de maio, as entidades devem cumprir e fazer cumprir a resolução do Conselho de Ministros e as indicações da DGS, nomeadamente quanto ao número de pessoas permitidas em simultâneo nas instalações e à distancia social a manter;
    • Só são permitidos voos locais, a solo (se se mantiver os 2m como distanciamento social), para as entidades sedeadas no aeródromo (coletivas ou individuais);
    • As entidades devem elaborar um plano de contingência e nele definir um local nas suas instalações, de acesso rápido, para eventual isolamento de um suspeito de infeção por Covid-19;
    • Facultar material de desinfeção e usar obrigatoriamente máscara;
    • Antes de retomar as atividades, as entidades devem desinfetar as instalações, bem como o cockpit e outras superfícies da aeronave de uso comum, antes e depois de cada voo;
    • Depois de entrar no aeródromo os utilizadores devem dirigir-se diretamente para as respetivas instalações, não devendo circular entre as instalações, quer no parque de estacionamento, quer na placa;
    • O portão de acesso (no Túnel) deve ser mantido encerrado na entrada e saída;
    • O acesso à pista deve ser realizado pelo caminho de acesso (taxiway) mais próximo do local de recolha da aeronave;
    • Os utilizadores só deverão permanecer no aeródromo, o tempo estritamente necessário para realização da operação;
    • No final de cada dia, deve ser enviado ao diretor do Aeródromo o nome completo, endereço e contacto de todas as pessoas envolvidas na operação.

Theatro Circo e Gnration – reabertura ao público a 1 de junho, com o cumprimento das normas e recomendações da DGS para serviços de atendimento público.

Atividades Económicas – Espaços Comerciais

Segundo orientações do Governo compete a cada Autarquia definir a reabertura dos estabelecimentos comerciais com porta aberta para a rua, de dimensão superior a 400 m2, com a excepção dos Centros Comerciais. Assim, o Município de Braga autoriza a abertura destes espaços já a partir de 18 de maio, desde que cumpram as condições e recomendações impostas pela Direção-Geral de Saúde a todos os restantes estabelecimentos comerciais.

A Câmara Municipal de Braga tem insistido com o Governo no sentido de que esta possibilidade seja alargada para os estabelecimentos comerciais instalados nos Centros Comerciais de 1ª Geração.

Outros Equipamentos

Continuam encerrados, até data a definir mediante avaliação do Município de Braga, os seguintes equipamentos municipais: Museu da Imagem; Casa dos Crivos; Tore de Menagem e os Espaços Museológicos como a Fonte do ídolo e as Termas da Cividade.

O Município de Braga sublinha que as regras gerais em vigor não substituem a responsabilidade individual de cada cidadão. O cumprimento das normas e recomendações da Autoridade de Saúde é fundamental para a proteção e segurança de todos.