Sexta-feira, Setembro 17, 2021
18 C
Braga
InícioBragaBraga: APAV sugere aposta estratégica no ambiente escolar e reforço da Comissão...

Braga: APAV sugere aposta estratégica no ambiente escolar e reforço da Comissão Social de São Victor

© Ricardo Silva

Ricardo Silva, candidato independente à Junta de Freguesia de São Victor, em Braga, visitou as instalações do Gabinete de Apoio à Vítima de Braga, tutelado pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV).

“Na reunião com Marta Mendes, gestora do GAV Braga, foi possível aferir que a cidade de Braga, ao nível da resposta às vítimas, tem uma estrutura composta pela APAV, pelo GIAPI e pela Cáritas Arquidiocesana, sobretudo no âmbito das vítimas de crime e vítimas de violência doméstica. Contudo, neste momento, as instalações do GAV são exíguas para comportar o número de profissionais em exercício que se dedicam ao atendimento dos casos de vitimação”, explica Ricardo Silva.

Respondendo a um desafio colocado pelo candidato independente, a gestora do GAV assumiu que “as autarquias podem ter um papel mais atuante no que concerne à prevenção e sensibilização junto dos públicos escolares, apostando, desde logo, num diálogo de proximidade com os agrupamentos de escola”.

“As crianças e jovens devem ser os primeiros agentes protetores e podem ter um papel determinante na auto-proteção e na vigilância do ambiente familiar. Apostar na base educativa é a melhor forma de prevenir comportamentos abusivos e de construir uma sociedade mais informada”, sublinhou Marta Mendes.

Ao longo da reunião, sugeriu, ainda, que se apostasse no reforço da atuação da Comissão Social da Freguesia, com reuniões mais periódicas, onde as instituições pudessem apresentar “casos de estudo”, encontrando soluções partilhadas.

Para Ricardo Silva, “a iniciativa de reforço da Comissão Social de Freguesia é muito importante, porque permite um trabalho em rede, consubstanciado pela experiência das instituições que melhor podem dar as respostas em várias áreas”. “Ter uma Comissão Social de Freguesia composta pela APAV, pelo GIAPI, pela Cáritas, pelos Serviços de Acompanhamento e Ação Social (SAAS da Santa Casa da Misericórdia por protocolo com a Segurança Social), pelo Gabinete de Inserção Profissional (G.I.P. por delegação do I.E.F.P.) entre outras entidades, torna-se fulcral para um harmonioso desenvolvimento social”, afirma.

Neste espírito de desenvolvimento das Comissões Sociais, Ricardo Silva entende que “a freguesia de São Victor, graças às boas relações com as várias instituições sociais, poderá constituir um projeto piloto de apoio comunitário, que ganhe escala através da apresentação à Associação Nacional das Freguesia (ANAFRE)”. “O desenvolvimento de um Balcão Único de Apoio Social, que congregue várias instituições, num só local permitindo um apoio estruturado e continuado à pessoa em situação de carência ou fragilidade, torna-se um projeto a desenvolver para o próximo mandato”, salienta o candidato independente.

Nesta reunião, Ricardo Silva fez-se acompanhar por Fátima Leitão, Paula Veras e Vitor Teixeira, membros que integram a candidatura e com experiência no setor social.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS