Segunda-feira, Maio 20, 2024
18.9 C
Braga
BragaBom Jesus de Braga celebra quarto aniversário de Património Mundial

Bom Jesus de Braga celebra quarto aniversário de Património Mundial

© iStock

A Confraria do Bom Jesus de Braga celebra, entre 5 e 8 de julho, o quarto aniversário da inscrição da Lista do Património Mundial e o oitavo aniversário da elevação a Basílica Menor.

As celebrações destas duas efemérides, uma de cariz mais religioso e outra mais secular, estão focadas na paz mundial, um dos grandes pilares da Igreja e da Unesco.

O programa começa no dia 5 de julho, às 17:00, com a eucaristia do 8.º aniversário de elevação a Basílica. No dia 7, dia do 4.º aniversário da inscrição na lista de Património Mundial da Unesco, às 12:00, os sinos do Bom Jesus vão tocar em tom festivo, para recordar a efeméride.

Entre os pontos mais relevantes, destaque para o colóquio “Património Mundial e a Paz”, no dia 7 de julho, às 14:30, no Hotel do Parque. Este colóquio é organizado em parceria com a Rede do Património Mundial de Portugal e a Comissão Nacional da UNESCO.

Os trabalhos são abertos, pelas 14:30, pela comunicação que será apresentada pelo presidente da Confraria do Bom Jesus do Monte, Cónego Mário Martins, na sessão de abertura do colóquio. O ato inaugural dos trabalhos fica ainda marcado pela intervenção do Embaixador José Filipe Moraes Cabral, presidente da Comissão Nacional da UNESCO.

Para as 15:00 está agendado o início do primeiro painel do colóquio, que é centrado na relação do Património Mundial com a paz. Os trabalhos do painel abrem com a comunicação de Maria Conceição Lopes, da Universidade de Coimbra, e que vai centrar-se na temática “Património Mundial e tempos de crise/conflito: como salvaguardá-lo”.

Ana Paula Madureira, vice-presidente do Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios (ICOMOS), revela em Braga a visão da ICOMOS sobre o Património Mundial e a Paz.

Após a comunicação de Miguel Bandeira, que liga o Bom Jesus de Braga ao amor e à paz no mundo, segue-se a apresentação da segunda edição do livro “Bom Jesus do Monte”, da autoria de José Carlos Peixoto.

Paras as 17:30 estão agendadas as assinaturas de protocolos entre a Confraria do Bom Jesus do Monte e a Universidade do Minho e a Universidade Católica Portuguesa, que se farão representar pelo reitor Rui Vieira de Castro e pelo pró-reitor da UCP, João Duque, respetivamente.

O Arcebispo de Braga, D. José Cordeiro, preside à sessão de encerramento prevista para as 18:00 e que abre com uma mensagem de António Guterres, secretário-geral da Organização das Nações Unidas. Seguem-se as intervenções do Cónego Mário Martins, presidente da Confraria do Bom Jesus do Monte; de José Filipe Moraes Cabral, presidente da Comissão Nacional da UNESCO; e de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga. D. José Cordeiro, Arcebispo de Braga e Primaz das Espanhas encerra as comunicações do colóquio, que reserva para as 21:30 um concerto com grupo coral Cupertinos, que será realizado na Basílica do Bom Jesus.

A conferência decorre no Hotel do Parque do Bom Jesus, pelas 14:30 e a entrada é livre, mas requer inscrição obrigatória para o e-mail [email protected].

As celebrações encerram no dia 8, às 21:30, com o concerto de encerramento, nos escadórios do Bom Jesus, pelo Coro Académico da Universidade do Minho.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES