Domingo, Agosto 7, 2022
17.6 C
Braga
InícioRegiãoBarcelosBarcelos: População de Chavão revoltada com cancelamento da festa da freguesia

Barcelos: População de Chavão revoltada com cancelamento da festa da freguesia

© Festa de São Brás e Senhora das Candeias – Chavão

A população da freguesia de Chavão, em Barcelos, está revoltada com o cancelamento das Festas em honra de Nossa Senhora das Candeias e São Brás, que iriam realizar-se no próximo fim de semana, dias 5 e 6 de fevereiro.

Em causa estão “sucessivos desentendimentos” entre os elementos da Comissão de Festas que originaram o cancelamento, o que levou alguns populares a fixar faixas no salão paroquial da freguesia com as frases “Chega de Rodeios, Façam a Festa” e “DGS Permite”.

De acordo com Ricardo Agency, produtor da festa, a Comissão de Festas cancelou a festa em dezembro devido “ao aumento de casos de Covid-19”, mas voltou a contactar o agente em janeiro para a realização da festa.

“Fiz um contrato com a Comissão de Festas de Chavão mas devido ao aumento significativo de contágios de Covid-19, os elementos decidiram cancelar a festa em dezembro. Compreendi perfeitamente, uma vez que o país estava a atravessar por um momento delicado. Entretanto, em janeiro consegui fazer quatro festas de São Sebastião e voltei a ser contactado pela Comissão de Festas de Chavão há quinze dias atrás a pedir-me para reativar a festa. Fiquei contente e contactei os artistas, os grupos e todo um conjunto de pessoas para a realização da festa. Há quatro dias atrás, volto a ser contactado pela Comissão de Festas a dizer que decidiram cancelar por causa da pandemia. É incompreensível, uma vez que estamos a falar de 200 pessoas que foram contratadas, de artistas que começaram os ensaios e que estão a precisar de trabalhar, grupos, floristas, técnicos de som, luz, entre outros”, criticou o agente.

Segundo Ricardo Agency, devido aos desentendimentos entre a comissão, “passaram de cinco para dois elementos” e que estes têm angariado “cerca de 13 mil euros com patrocínios para a realização da festa”. “Sou amigo desta freguesia e nunca aconteceu tal situação. Cheguei a fazer uma feirinha de graça para ajudar a comissão e agora não querem cumprir com a palavra. Trabalho nas festas há 14 anos e nunca tinha passado por isto”, lamentou. 

De acordo com Ricardo Agency, o artista Manuel Campos, afilhado de Tony Carreira, “faz questão de comparecer no próximo domingo em Chavão para dar um espetáculo com a sua viola”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS