Sexta-feira, Março 1, 2024
7.3 C
Braga
InícioRegiãoBarcelosBarcelos homenageia artesãos no encerramento da Mostra de Artesanato e Cerâmica

Barcelos homenageia artesãos no encerramento da Mostra de Artesanato e Cerâmica

© CM Barcelos

A homenagem, distinção e reconhecimento aos artesãos do concelho de Barcelos marcou o último dia da 40.ª Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica. Na habitual gala, que decorreu ontem à noite no Parque da Cidade, Luís Gonzaga Coelho foi distinguido com o “Prémio Carreira 2023”, pela sua vida dedicada ao Figurado.

Na categoria “Revelação”, Pedro Macedo venceu o prémio na categoria artesanato contemporâneo, enquanto Daniel Alonso arrecadou o prémio revelação artesanato tradicional.

No que respeita à distinção do Prémio Inovação, o 1.º lugar coube a Cristiana Sá (Pasta de Papel), na 2.ª posição ficou Mina Gallos (Figurado) e o 3.º posto foi para o artesão Testa (Ferro).

Na edição deste ano, estiveram também em destaque os Irmãos Baraça, que arrecadaram o Prémio Melhor Stand, seguidos da TerradoGallo, no segundo lugar, e E.F. na 3.ª posição.
Num recinto lotado, e com a participação da Orquestra Jovem de Barcelos, dirigida pelo

Maestro Alfredo Macedo, a Gala de Artesanato 2023 prestou homenagem, a título póstumo, à artesã Maria Inês Ferreira (Bordado de Crivo), que faleceu no ano passado.

“Expressão máxima, pura e genuína” da identidade e cultura do concelho

Na cerimónia de entrega dos galardões, o presidente da Câmara Municipal de Barcelos sublinhou a importância do artesanato barcelense e da criatividade dos seus protagonistas, considerando que o artesanato de Barcelos é “expressão máxima, pura e genuína” da identidade e cultura do concelho.

Dirigindo-se à juventude, Mário Constantino Lopes referiu que “é importante que os jovens não tenham medo, que saibam ousar, que vão à procura dos seus sonhos e das suas convicções”, dando o exemplo dos premiados na categoria Revelação. “Quando vemos o trabalho do Pedro e do Daniel, percebemos que há muitos jovens a acreditar nas suas potencialidades e a esforçarem-se para conseguirem seguir os seus sonhos. Esse desafio é muito importante”, vincou Mário Constantino Lopes.

Fazendo um balanço do certame, o autarca caracterizou a Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica de Barcelos como um momento de festa e alegria, onde as sete categorias do artesanato e arte popular de Barcelos se mostram na sua máxima plenitude.

Realizada na “casa” do costume, no Parque da Cidade, a 40.ª edição da Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica de Barcelos, que decorreu entre o dia 28 de julho e o dia 6 de agosto, teve todas as noites casa cheia, recebendo, dia após dia, milhares de pessoas. Reunindo cerca de cento e trinta expositores, de norte a sul do país, o certame teve animação diária, com Folclore e os concertos da Banda Atlantis, Augusto Canário, Sérgio Mirra, Bárbara Tinoco e Aurea, Dança da ARCA e Tunas do IPCA.

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES