Quarta-feira, Dezembro 8, 2021
7.3 C
Braga
InícioRegiãoBarcelosBarcelos assinala Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres

Barcelos assinala Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres

© CM Barcelos

Barcelos assinala hoje o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres. Para o efeito, o vereador da Ação Social, António Ribeiro, encontrou-se com a responsável do GASC, Célia Barbosa, instituição que em parceria com o Município tem vindo a desenvolver um trabalho de denúncia e proteção às vítimas de violência doméstica. Para esse efeito, desde 2005, “existe em funcionamento um Espaço de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica, tendo já sido atendidas 641 pessoas neste contexto, sendo que esta resposta oferece atendimento individual e confidencial a vítimas de violência doméstica adultas”.

No âmbito do Dia Internacional para a eliminação da violência contra as mulheres, é também “relançada hoje a Campanha “Stop! Tu Podes Agir!”, pelo “Projeto Ser Igual”, dirigida às vítimas de Violência Doméstica, procurando facilitar-lhes o acesso à informação sobre os seus direitos e recursos de apoio… mas não só! É também uma campanha com o objetivo de consciencializar para o CRIME PÚBLICO, previsto no artigo 152º do Código Penal, e por isso pode ser denunciado por qualquer pessoa. Quando dizemos “STOP! Tu Podes Agir!” estamos todos/as a apelar ao fim da Violência Doméstica e ao poder da ação na mudança, não só das vítimas, mas de todos/as nós… isto é para a ação que cada um(a) de nós pode ter para o combate e prevenção do fenómeno”.

Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres

A cada dez minutos uma mulher é assassinada por um homem que é ou já foi seu companheiro. Foram estes dados que levaram a ONU a declarar o 25 de novembro como o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres. Todavia, a história desta data remonta a um episódio mais antigo, quando as irmãs Mirabal (Pátria, Minerva e Maria Teresa), dominicanas conhecidas como Las Mariposas e que se opunham à ditadura de Rafael Leónidas Trujillo, foram assassinadas, em 25 de novembro de 1960.

Nos anos oitenta, as irmãs Mirabal começaram a ser homenageadas na Bolívia e, posteriormente, em 1990, a ONU juntou-se a esta homenagem, considerando que a violência contras as mulheres continua a ser uma pandemia mundial.

O que é considerado violência contra a mulher?

“A Organização Mundial de Saúde define a violência contra a mulher como todo ato de violência baseado no género que tem como resultado o dano físico, sexual, psicológico, incluindo ameaças, coerção e privação arbitrária da liberdade, seja na vida pública seja na vida privada. A perspetiva de género para compreender a violência contra as mulheres resultou de um longo processo de discussão. Utilizar a categoria de análise género, neste caso, significa assumir que a violência decorre de relações desiguais e hierárquicas de poder entre homens e mulheres na sociedade, e que não se deve a doenças, problemas mentais, álcool/drogas ou características inatas às pessoas, mas sim, uma construção social”.

Teste BTV

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS