Sexta-feira, Setembro 30, 2022
18.4 C
Braga
InícioRegiãoBarcelos“Barcelos a Uma Voz” levou enchente à Frente Ribeirinha

“Barcelos a Uma Voz” levou enchente à Frente Ribeirinha

© CM Barcelos

A Frente Ribeirinha da margem direita do Rio Cávado registou uma enorme enchente de pessoas para assistirem ao concerto “Barcelos a Uma Voz”, que reuniu cerca de 76  grupos corais do concelho, numa iniciativa que também teve a participação da Banda Musical de Oliveira.

Com a realização deste evento, o Município de Barcelos pretendeu promover a inclusão dos grupos corais barcelenses em atividades performativas de dimensão concertista, juntando centenas de pessoas com paixão pelo canto, num único palco e num concerto mágico.

Segundo a vereadora do pelouro da Cultura, “este evento constituiu uma excelente forma de dar visibilidade a uma realidade única e de grande riqueza no país, tanto pelo número de coros existentes no concelho como pela sua qualidade”. Elisa Braga sublinhou também que estes concertos dão mais vida e de certa forma expõem à sociedade um lado musical que muitas vezes fica encerrado dentro das portas das igrejas. Ora, com “a realização destes concertos corais dinamiza-se a atividade das pessoas que já são coristas e, simultaneamente, potencia-se a captação de jovens para esta atividade”.

O concerto “Barcelos a Uma Voz” constituiu uma ótima forma de partilha de palco, conhecimentos, vivências e, acima de tudo, juntar as vozes dos coros barcelenses, que são o âmago deste projeto. E, de facto, essas vozes não se fizeram rogadas e proporcionaram um espetáculo de altíssimo nível.

Recorde-se que após um levantamento sobre a atividade coral no concelho, aquando da comemoração dos 500 anos do foral barcelense, descobriu-se uma riqueza cultural ímpar no país, um fervilhar de hábitos musicais até então desconhecidos e que atenderam ao chamamento pela união. Agora, sete anos depois, repetiu-se a experiência e de novo voltou a ser inolvidável.

O projeto “Barcelos a Uma Voz” foi desenvolvido no âmbito do Programa Cultura para Todos numa Cidade Educadora Inclusiva, promovido pelo Município de Barcelos, operacionalizado pela ACAB – Coro de Câmara de Barcelos, e cofinanciado pelo Fundo Social Europeu através do Programa Norte 20- 20.

O processo, que culminou com o concerto de ontem, teve início em abril de 2022, no contacto direto com todas as freguesias do concelho e os seus respetivos coros. Desse contacto nasceu uma reunião onde foi explicado a todos  o processo e as características do evento. Posteriormente, foram elaboradas partituras propositadamente para o evento, com novos arranjos e com a estreia de uma nova obra: “Lembranças do Douro”, uma composição do maestro Nuno Areia, um dos maestros que esteve a dirigir o coro e a banda no evento. Essas partituras foram distribuídas diretamente aos grupos corais juntamente com áudios de apoio. Ao mesmo tempo, foi disponibilizado todo o apoio por músicos profissionais nos ensaios dos grupos corais.

O projeto envolveu cerca de mil pessoas na sua construção e execução.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS