António Variações condecorado a título póstumo pelo Presidente da República
Sexta-feira , Novembro 27 2020 Periodicidade Diária nº 2648
Principal / Região / Amares / António Variações condecorado a título póstumo pelo Presidente da República

António Variações condecorado a título póstumo pelo Presidente da República

Presidência da República Portuguesa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou na terça-feira, no Palácio de Belém, o cantor António Variações, a título póstumo, como Comendador da Ordem do Infante D. Henrique.

Na cerimónia restrita, Marcelo Rebelo de Sousa impôs as insígnias de António Variações, recebidas pelo seu irmão Jaime Ribeiro, em nome da família.

O presidente da República relembrou António Variações com o seu visual invulgar e a sua música tradicional e moderna durante a sua curta vida. “Quem se lembra das primeiras aparições televisivas de António Variações no Júlio Isidro, não imaginaria a época, a centralidade que esse compositor e intérprete tão invulgar viria a ter na música portuguesa contemporânea. Se o que dava nas vistas era uma estética visual, a reivindicação de uns modos de viver e de estar, mais importante ainda era a capacidade, não diria única, mas quase única de conjugar a tradição e a modernidade ou como ele gostava de dizer ‘Braga e Nova Yorque'”, disse Marcelo Rebelo de Sousa.

Jaime Ribeiro agradeceu ao presidente da República a homenagem prestada a seu irmão em nome da família. “Permita, senhor presidente da República, que dirija a vossa excelência umas breves palavras nesta cerimónia de enorme simbolismo e grande emoção, que sintetizo em gratidão, surpresa e memória. Nem nos sonhos mais ousados e criativos podia imaginar que, 50 anos depois de ter sido meu professor na Faculdade de Direito de Lisboa, estivesse hoje e aqui a receber das mãos de vossa excelência esta condecoração a título póstumo, em nome do meu irmão António Rodrigues Ribeiro. Em nome do António e da sua família, expresso a vossa excelência a nossa sentida e profunda gratidão. Obrigado, senhor presidente”, falou Jaime Ribeiro.

O cantor Jorge Palma e a escritora Alice Vieira também foram condecorados nesta cerimónia pelo presidente da República.