Documentário sobre André Soares distinguido no Festival Finisterra
Segunda-feira , Novembro 30 2020 Periodicidade Diária nº 2651
Principal / Cultura / Documentário sobre André Soares distinguido no Festival Finisterra

Documentário sobre André Soares distinguido no Festival Finisterra

O filme “André Soares (1720-1769)”, o primeiro dos documentários de divulgação patrimonial produzido pelo Município de Braga no âmbito das comemorações evocativas da vida e obra do artista bracarense, foi um dos filmes distinguidos na 9.ª edição do Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival.

Este festival, um dos mais renomados no seu género, contempla no seu programa a apresentação e divulgação de filmes nacionais e internacionais, em diversas categorias e temáticas, visando a promoção de boas práticas no turismo, nomeadamente de desenvolvimento sustentável e de responsabilidade social.

Os documentários de divulgação patrimonial, filmados e realizados por Martin Dale, têm procurado revelar os detalhes das obras de arquitetura, talha, ferro, desenho e cartografia que André Soares legou a Braga, recorrendo a filmagens e técnicas originais, destacando o percurso artístico do talentoso e criativo arquitecto no contexto da sua época e da reconfiguração social e urbanística da cidade.

Através do registo do seu legado artístico e arquitetónico pretende-se, com o filme, ampliar o reconhecimento e narrar junto do grande público a vontade de um mestre singular e “sonhador” que, com empenho e originalidade, renovou a urbe com obras do Barroco e do Rococó “que marcaram para sempre a história da cidade” e da região.

As Comemorações Centenárias de André Soares, visando assinalar o terceiro centenário do seu nascimento (1720-2020), bem como os 250 anos da sua morte (1769- 2019) com a relevância que esta figura exige no âmbito da história e identidade da cidade de Braga, viram o seu programa de atividades adiado para o ano de 2021, em virtude da pandemia da Covid-19.