Sábado, Maio 28, 2022
27.8 C
Braga
InícioEducaçãoAlunos de Guimarães vencem Olimpíadas de Educação Financeira

Alunos de Guimarães vencem Olimpíadas de Educação Financeira

© Silver Lining

A turma 8º C da Escola Básica Arquiteto Fernando Távora, em Guimarães, está entre os vencedores de uma competição inter-escolas aberta a mais de 13 mil crianças e jovens de 50 municípios. Os alunos obtiveram o melhor resultado das Olimpíadas de Educação Financeira, no escalão dedicado ao 3.º ciclo. 

As Olimpíadas de Educação Financeira, uma das maiores competições inter-escolas promovidas pela Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, puseram à prova, através de um quiz digital, conhecimentos sobre áreas como planeamento e gestão do orçamento, sistemas e produtos financeiros, poupança, ética, direitos e deveres e, ainda, economia circular. Temas que fazem parte do projeto educativo “No Poupar Está o Ganho” que junta, só neste ano letivo, mais de 650 turmas.

Entre os vencedores nacionais das Olimpíadas de Educação Financeira, está o 8º C da Escola Básica Arquiteto Fernando Távora, em Guimarães, que se destacou por alcançar a melhor pontuação de todas as turmas do 3º ciclo que integraram a competição.

Também de Guimarães, outras quatro turmas foram premiadas a nível municipal, por obterem o melhor resultado, no respetivo escalão, entre todos os participantes do mesmo concelho. No 1º e 2º ano do 1º ciclo, a vitória coube ao 1º ano da Escola Básica de Cruz de Argola, enquanto no 3º e 4º ano se destacou o 4º ano da Escola Básica de Vieite. O 5º ano da Escola Básica do Vale de São Trocato venceu no escalão do 2º ciclo e o 10º SE1 da Escola Secundária Martins Sarmento obteve a melhor pontuação do Ensino Secundário também a nível municipal.

“As Olimpíadas de Educação Financeira são exemplo das dinâmicas pedagógicas que desenvolvemos no “No Poupar Está o Ganho” e que contribuem para uma aprendizagem mais eficaz. Através de jogos, de conteúdos multimédia e da competição saudável entre turmas e escolas, este projeto cumpre a missão de integrar nas vidas dos mais novos conceitos de literacia financeira e de poupança que têm grande importância na sua formação enquanto futuros consumidores mais informados, conscientes e responsáveis”, explica Maria Amélia Cupertino de Miranda, presidente da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, entidade criadora e promotora do “No Poupar Está o Ganho”.

Este projeto de educação financeira está a ser implementado em Guimarães através de uma parceria com a Comunidade Intermunicipal do Ave. No site do programa são propostos às turmas conteúdos, atividades e desafios didáticos que podem ser implementados ao longo de todo o ano letivo.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS