Sexta-feira, Fevereiro 23, 2024
8.5 C
Braga
InícioRegiãoEsposende1800 Seniores de Esposende festejaram Santos Populares

1800 Seniores de Esposende festejaram Santos Populares

© CM Esposende

Mil e oitocentos seniores do concelho de Esposende festejaram os Santos Populares, num arraial realizado na Quinta da Malafaia, em Antas. O presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, enquadrou a iniciativa nos projetos da área social que visam a promoção da saúde dos idosos e o combate ao isolamento.

“Estávamos com muitas saudades destes momentos, interrompidos pela pandemia. O facto de estarem presentes 1800 pessoas é sinal que há vontade e saúde para estar aqui. O Município tem feito um trabalho de proximidade, para evitar momentos de solidão à população sénior”, destacou Benjamim Pereira, que anunciou para o início de setembro o habitual passeio a Fátima.

“É um dever do Município investir no bem-estar da sua população. Este é um dos eventos mais apreciados e participados pela comunidade sénior, razão pela qual nos empenhamos na sua realização”, vincou o autarca.

Integrada no programa Ativo Mais, desenvolvido no âmbito da Rede Social de Esposende, a iniciativa visa fomentar o convívio e a partilha entre as pessoas idosas, contribuindo também para “atenuar o isolamento e a exclusão social de alguns deles”, conforme referiu o presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira. “Pretende-se, com este e com mais programas, contribuir para a qualidade de vida da população idosa e para garantir os seus direitos de cidadania, criando respostas adequadas às suas novas necessidades e fomentando a participação ativa das pessoas na promoção da sua saúde, autonomia e independência”, complementou Benjamim Pereira.

Para realizar este evento, o Município de Esposende contou com a colaboração de parceiros privilegiados, como as Instituições Particulares de Solidariedade Social, as Juntas de Freguesia, ou os serviços locais da administração pública.

Aos idosos, Benjamim Pereira expressou total disponibilidade do Município para “continuar a trabalhar na melhoria da sua qualidade de vida e deixou a garantia de alargar os programas que dedicam atenção à população sénior”.

Este convívio compreende, também, um trabalho de preparação e ensaio de marchas, processo desenvolvido em rede e que privilegiou o desempenho e colaboração de todas as entidades. As marchas foram constituídas por elementos de diferentes freguesias, com a Marcha “Ó Terra Bonita” a ter como protagonistas elementos das freguesias de Esposende, Mar e Marinhas, além da APPACM – Esposende, do Centro Social da Juventude de Marinhas e da Santa Casa da Misericórdia de Esposende.

Já a Marcha “D’Coração” teve como figurantes elementos das freguesias de Antas, Belinho, Curvos, Forjães e Vila Chã, além de representantes da Associação Social, Cultural e Recreativa de Forjães, do Centro Social da Juventude de Belinho, do Centro Social da Paróquia de Curvos, da Esposende Solidário – Centro Comunitário de Vila Chã, da Fundação Lar Santo António e do Grupo de Solidariedade Social de Antas.

A concluir, a Marcha “da União” teve como interpretes elementos das freguesias de Apúlia, Fão, Fonte Boa, Gandra, Gemeses e Rio Tinto, além da Associação Social, Cultural e Recreativa de Apúlia e do Centro Social Paroquial de Fonte Boa.

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES