Terça-feira, Julho 27, 2021
18.4 C
Braga
InícioRegiãoGuimarãesVoto de Pesar pelo falecimento de Neno aprovado por aclamação em Guimarães

Voto de Pesar pelo falecimento de Neno aprovado por aclamação em Guimarães

Neno

Antes da Ordem de Trabalhos da Reunião de Câmara do Executivo de Guimarães, que se realizou esta segunda-feira, foi aprovado, por aclamação, um voto de pesar pelo falecimento de Adelino Barros, Neno. Antes da aprovação, o texto de pesar foi lido pelo presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança.

À redação proposta, acrescentou-se a referência ao espírito multicultural de todos os vimaranenses, demonstrado pelo “acolhimento e pela aceitação de todos os que, apesar de não terem nascido em Guimarães, escolhem a cidade como sua terra e se dedicam incondicionalmente a ela”. “O carinho dos vimaranenses para com Neno ficou sobejamente evidenciado no último adeus ao desportista e quadro vitoriano, com milhares de pessoas presentes na saída do cortejo fúnebre do Estádio D. Afonso Henriques, e durante o percurso até à Igreja de S. Francisco e ao Cemitério de Monchique”, refere a Autarquia de Guimarães.

Texto de pesar por Neno

Adelino Augusto da Graça Barbosa Barros, mais conhecido por Neno, antigo guarda-redes do Vitória Sport Clube, figura incontornável da história do clube e uma referência de Guimarães, faleceu no dia 10 de junho – notícia que os Vimaranenses receberam com muita consternação, acompanhados pela generalidade dos Portugueses e, em especial, dos desportistas.

Natural da Cidade da Praia, em Cabo Verde, Neno começou a ser adotado por Guimarães em resultado da sua ligação ao Vitória Sport Clube. Iniciou a carreira de guarda-redes no Barreirense, afirmando os créditos que lhe valeriam a passagem pelo Benfica, clube pelo qual se sagrou Campeão Nacional em três ocasiões e vencedor de duas Taças de Portugal.

Ao serviço da Seleção Nacional, cumpriu 9 jogos, entre 1989 e 1996, e deixou uma marca importante nas balizas portuguesas, servindo de referência para muitos guarda-redes que lhe seguiram as pisadas.

Veio para Guimarães em três ocasiões diferentes na sua carreira desportiva. Inicialmente em 1984/85, mais tarde em 1988/89 – altura em que conquistou a Supertaça Cândido de Oliveira – e, finalmente, em 1995/96, colocando um ponto final na carreira de atleta em 1999, ao serviço do Vitória. Ficou, desde então, ligado à estrutura do clube, na qual viria a desempenhar vários cargos que consolidaram a sua imagem como a de Embaixador do Clube e um dos seus mais reconhecidos símbolos.

Mas Neno soube igualmente construir uma indelével relação de afeto com toda a Comunidade Vimaranense, com as suas instituições e com as suas gentes, ao ponto de se ter transformado, também, num Embaixador de Guimarães, tal era a correspondência entre a sua personalidade e o sentir Vimaranense – relação de proximidade que Guimarães lhe retribuiu de forma igualmente genuína e sincera. A dimensão multicultural da comunidade vimaranense, bem patente na forma como soube e sabe receber, levou-o a fixar residência física e emocional em Guimarães. 

Quando o brilhante e dedicado atleta se retirou dos relvados, revelou-se o Homem solidário, generoso, amigo e empenhado em melhorar a vida de todos a quem os seus talentos e o seu otimismo pudessem constituir um contributo para a comunidade vimaranense. Sempre disponível para apoiar causas sociais e humanitárias, colaborou com inúmeras instituições de Guimarães a quem deu muito de si, procurando apenas e só o bem comum, e sempre com a contagiante alegria de viver que é, hoje e sempre, a primeira e mais perene imagem que a sua saudosa memória nos inspira.

Também por essa razão o seu nome e os seus ideais devem permanecer em Guimarães, pelo que, em nome dos Vimaranenses, a Câmara Municipal de Guimarães, em articulação com o Vitória Sport Clube, atribua o nome de “Neno” a um equipamento desportivo do concelho, existente ou a construir. O desporto, a alegria, a solidariedade, o altruísmo continuarão assim presentes e ligados a esta figura incontornável do desporto nacional, uma das mais queridas do futebol português e de Guimarães, em especial. Deixou o seu entusiasmo, a sua força de vontade e o seu sorriso em cada instalação desportiva, em cada estádio, em cada clube, em cada um de nós.

Mais proponho que se expresse o reconhecimento pelo legado que o desportista Neno deixa a Guimarães e que se manifeste a consternação pelo seu prematuro falecimento, através do presente Voto de Pesar, apresentando à sua Família, Amigos e ao Vitória Sport Clube as mais sentidas condolências.

Apoie a Braga TV

O apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS