Segunda-feira, Maio 27, 2024
16.6 C
Braga
RegiãoGuimarãesVITRUS TALKS despertou em Guimarães a discussão sobre transição para uma economia...

VITRUS TALKS despertou em Guimarães a discussão sobre transição para uma economia sustentável

© Vitrus

O Vitrus Talks colocou na ordem do dia o tema da transição para uma economia ambientalmente sustentável, com os contributos do eurodeputado José Manuel Fernandes, da ex-ministra do Ambiente e Ordenamento do Território, Assunção Cristas, de Domingos Bragança, presidente da Câmara de Guimarães, de Filipe Chaves, diretor da Escola Técnica Superior Profissional (IPCA), e Sérgio Castro Rocha, Presidente da VITRUS AMBIENTE.

Assunção Cristas destacou a ação da Vitrus no âmbito da recolha de resíduos orgânicos, apontando que “o que já se faz aqui vai ser obrigatório em breve e temos de olhar para a nossa atividade, qualquer que seja, e perceber como é que vai impactar o ambiente, não sendo uma obrigação apenas do estado, ou dos privados, mas com parceiras”.

José Manuel Fernandes deu a conhecer que “a União Europeia disponibiliza muitos recursos financeiros para ajudar os Estados-Membros a atingirem os seus objetivos” e reforçou que “é urgente que os governos façam o seu trabalho e planeiem as ações a concretizar. Há que avançar com as pessoas, envolvendo-as. É urgente que se avance com firmeza, ambição e gradualismo. Caso contrário, estaremos a ajudar os negacionistas e nunca atingiremos os objetivos que definimos”, salientou.

Domingos Bragança vincou a “coordenação” e “cooperação”, frisando que “o ambiente tem de estar no centro da agenda política”. “É fundamental que a comunidade e as empresas tenham uma forte consciência ecológica, e respeitem a biodiversidade”, afirmou o presidente da Câmara de Guimarães.

Filipe Chaves partilhou algumas das ações implementadas no PICA na área do ambiente e sustentabilidade, nomeadamente através de trabalho desenvolvido “em parceria com diversos municípios, em proximidade com a população e com as empresas”.

Sérgio Castro Rocha sublinhou que o lema das Vitrus Talks passa por “pensar, inovar e partilhar”. “As estas três palavras acrescento o conhecimento. Mais do que ensinar devemos inspirar, fazer com que o desígnio de cuidar do planeta seja encarado com seriedade por todos”, disse.

O VITRUS TALKS é um espaço de debate, inovação e partilha de conhecimento onde são abordados tópicos da atualidade, tendo por base o tema do Ambiente e Sustentabilidade para o desenvolvimento da comunidade e do território. Nesta sessão registou a lotação do auditório do Avepark.

Recorde-se que em sessões anteriores registaram-se ainda as intervenções de convidados de prestígio como João Costa (Ministro da Educação), Hugo Pires (Secretário de Estado do Ambiente), Isabel Carvalhais (Eurodeputada), Ana Varela (Atriz e Ambientalista), Xoan Vazquez Mao (Secretário-Geral do Eixo Atlântico), Rui Oliveira (Presidente do Conselho Nacional da Juventude) e, entre outros, Pimenta Machado (vice-presidente da Agência Portuguesa do Ambiente).

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES