Sábado, Julho 13, 2024
16.7 C
Braga
RegiãoPóvoa de LanhosoVai abrir na Póvoa de Lanhoso uma fábrica de carregadores para veículos...

Vai abrir na Póvoa de Lanhoso uma fábrica de carregadores para veículos elétricos

© Grupo Petrotec

O Grupo Petrotec anunciou a construção de uma nova unidade de produção, na Póvoa de Lanhoso, dedicada ao fabrico de carregadores elétricos, rápidos e ultrarrápidos, num investimento de quatro milhões de euros.

A instalação vai fabricar equipamentos para a startup do Grupo, a Hellonext, mas também vai fornecer outros parceiros comerciais. O início da produção está previsto para o segundo semestre deste ano, com a expectativa de que 90% da produção seja destinada à exportação.

Esta nova fábrica, que representa a quinta unidade industrial do Grupo Petrotec, vai impulsionar a criação de, aproximadamente, meia centena de novos empregos, no curto prazo.

Nuno Cabral – CEO do Grupo Petrotec

Desde a sua fundação, em 1983, o Grupo Petrotec emergiu como líder europeu na produção de equipamentos e serviços para a indústria de combustíveis. Com capitais 100% portugueses, filiais em oito países e representação em 84 países de quatro continentes, a empresa tem mais de 1.200 colaboradores, sendo o parceiro industrial e tecnológico de algumas das maiores companhias e retalhistas do mundo, com equipamentos instalados em mais de 200.000 estações de serviço.

Desde o final de 2018, que o Grupo Petrotec passou a estar posicionado em toda a cadeia de valor da mobilidade, com a marca Hellonext a assumir e a materializar a estratégia de transição para um novo paradigma energético, ao disponibilizar ao mercado uma vasta gama de soluções inovadoras e sustentáveis nas áreas do carregamento de veículos elétricos, do hidrogénio verde e dos recursos energéticos distribuídos.

A instalação de uma nova fábrica de carregadores para veículos elétricos na Póvoa de Lanhoso reforça a aposta do Grupo Petrotec no setor da mobilidade sustentável.

“As obras estão em curso e a decorrerem de acordo com o plano delineado”, reconhece Nuno Cabral, CEO do Grupo Petrotec. Segundo o mesmo responsável, “numa primeira fase, a unidade vai estar preparada para fabricar, anualmente, 3.000 carregadores rápidos e ultrarrápidos, na sua maioria, destinados a mercados como o Reino Unido, Espanha, Polónia, República Checa, Eslováquia, Estónia, Islândia, Lituânia e Roménia”.

A fábrica que está a ser instalada na Póvoa de Lanhoso tem, também, como objetivo acelerar o posicionamento da Hellonext como uma das principais marcas europeias do sector. “É nossa aspiração, no horizonte de 2030, ocupar uma posição central no panorama europeu de carregadores elétricos ultrarrápidos para veículos. Uma nova unidade industrial, é um passo decisivo nesse sentido, na medida em que nos facilita uma capacidade de resposta mais célere ao mercado”, sublinha Hugo Rigor, diretor geral da Hellonext.

Este é um projeto que beneficia de uma parceria estratégica entre o Grupo Petrotec e a multinacional de Taiwan, Zerova, para o codesenvolvimento e a distribuição de carregadores para veículos elétricos. Em termos de equipamentos está prevista a gradual incorporação de tecnologias do Grupo Petrotec como sistemas de pagamento, gestão de conteúdos, gestão de frota e comunicação com o ponto de venda (POS), entre outros.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES