Uphold reforça aposta em Portugal e procura 30 engenheiros para hub em Braga
Sexta-feira , Setembro 18 2020 Periodicidade Diária nº 2578
Principal / Notícias / Uphold reforça aposta em Portugal e procura 30 engenheiros para hub em Braga

Uphold reforça aposta em Portugal e procura 30 engenheiros para hub em Braga

A Uphold, uma das mais promissoras empresas fintech de Silicon Valley, anunciou hoje que abriu 30 novas posições de engenharia no seu principal hub de desenvolvimento, em Braga.

O objetivo desta nova aposta é fazer face à crescente procura das suas aplicações digitais. O recurso às ferramentas da Uphold, empresa do ecossistema da Startup Braga, possibilita aos consumidores e empresas a transação ou o envio instantâneo de criptomoedas, moedas nacionais e metais preciosos, e efetuar investimentos em diferentes tipos de produtos financeiros.

Com as novas contratações na área da engenharia e produto, a empresa empregará em breve quase uma centena de pessoas em Braga, desde engenheiros, gestores de produto e designers, consolidando a sua aposta técnica em Portugal. As novas posições estão focadas nas áreas do desenvolvimento de software e gestão de infraestrutura.

JP Thieriot, CEO da Uphold, que partilha o seu tempo entre San Francisco e a cidade de Braga, constata que “a qualidade dos engenheiros provenientes da Universidade do Minho e de outras instituições locais é mundialmente reconhecida e faz do Norte de Portugal uma das grandes fontes de talento para o desenvolvimento de software”. Embora a Uphold seja uma empresa de nível mundial, “a nossa alma é bracarense!”, assume JP Thieriot.

“Quando fundámos a Uphold em 2014, procurámos uma equipa criativa, tecnicamente rigorosa e operacionalmente fiável, equipa essa que ainda hoje serve de pilar ao nosso crescimento. Certamente essa foi uma das nossas melhores decisões, seguida da aquisição de uma empresa de desenvolvimento de software também em Braga – a Scytale, no ano passado”, sublinha o  CEO da empresa.

A Uphold tem mais de 2 milhões de clientes particulares distribuídos por mais de 100 países. Atua, além disso, como a carteira digital integrada do navegador de internet Brave, uma das grandes histórias de sucesso em privacidade dos últimos anos, a ponto de atrair agora mais de 10 milhões de utilizadores mensais ativos. A Uphold dá a possibilidade dos utilizadores Brave receberem e converterem instantaneamente os Tokens do ecossistema BAT pela visualização de publicidade através da sua plataforma.

Rui Marinho, um dos Co-CTOs da Uphold, revela que “o desafio tecnológico de fazer crescer uma plataforma do zero para chegar a milhões de utilizadores é extremamente atrativo e uma oportunidade rara de se concretizar”. Já o outro CO-CTO, Tiago Ribeiro, afirma que “do ponto de vista de Engenharia, obriga-nos a estar sempre um passo à frente e a trabalhar com os melhores na indústria”.

Concorrente da Revolut, Robinhood e Coinbase, a Uphold é uma empresa liderada pela engenharia, que converte todos os ativos financeiros suportados numa linguagem digital comum. Proporciona transações simples e instantâneas, num único passo, entre diferentes categorias de ativos – como de bitcoin para ouro.

“À medida que as pessoas se afastam cada vez mais do dinheiro em papel como resultado da pandemia da COVID-19, estamos a assistir a um enorme aumento no número de abertura de contas Uphold”, explica Thieriot. “A expansão da nossa equipa de engenharia permitir-nos-á acelerar os nossos planos de desenvolvimento de produtos, bem como reforçar a nossa infraestrutura para fazer face ao aumento do volume”, prevê ainda o CEO da empresa.