Quarta-feira, Julho 28, 2021
29.3 C
Braga
InícioRegiãoUnião de Restaurantes do Minho pede mais apoio e pagamento lay-off a...

União de Restaurantes do Minho pede mais apoio e pagamento lay-off a 100%

Soares dos Leitões

A União de Restaurantes do Minho (URMinho) reuniu-se esta semana com diversas entidades do Estado para pedir mais apoios para o setor da restauração, a fim de minimizar o impacto da pandemia destas empresas.

Numa nota enviada à Braga TV, Tiago Carvalho, presidente da URMinho, referiu que numa das reuniões foi solicitada a reabertura das candidaturas ao programa “Apoiar” que já se encontram encerradas. “Numa das reuniões, foi tida em conjunto com a secretária de Estado do Turismo e com o secretário de Estado do Comércio onde transmitimos, a enorme dificuldade sentida pelo setor, e claro, pelos nossos associados, no acesso aos apoios lançados pelo governo, com destaque para os critérios de elegibilidade e para o encerramento das candidaturas ao programa ‘Apoiar’, sem qualquer aviso prévio. Uma grande fatia das empresas do setor ficou de fora destas candidaturas e a URMinho solicitou a reabertura do programa, assim como o reforço da verba”, frisou.

A URMinho voltou a ressalvar que o lay-off deveria ser pago a 100% pelo Estado, uma vez que “muitas empresas estão encerradas e, depois de um ano de perdas que devastou qualquer liquidez que existisse, já não há capacidade para pagar os 20% de lay-off, mais todas as despesas fixas que continuam a existir com estabelecimentos fechados”.

Foi também discutido o programa de apoio às rendas “por não contemplar as concessões e os contratos de cedência de exploração e que representam uma grande parte da realidade do setor”.

Segundo o presidente da URMinho, da parte do Governo ficou a garantia de analisar estas situações, assim como o compromisso da contínua monitorização das medidas, de modo a corrigir alguns dos problemas que vão surgindo no acesso das empresas aos apoios.

Apoie a Braga TV

O apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS